Automóvel

Grupo Europcar garante 307 milhões de novas linhas de financiamento

Fotografia: DR
Fotografia: DR

Os mais de 300 milhões, 220 milhões de euros correspondem a um novo empréstimo a prazo, 90% garantido pelo Estado francês.

O Europcar Mobility Group anunciou hoje que garantiu 307 milhões de euros de novas linhas de financiamento para assegurar a liquidez face ao impacto da pandemia de covid-19 e prepara-se para retomar as operações.

Em comunicado, a empresa refere que, “como parte do plano de redução de custos e preservação de capital, anunciado no passado dia 23 de março, o grupo anuncia hoje a conclusão de um plano de financiamento, com o objetivo de garantir a sua liquidez para enfrentar a crise da covid-19 e, assim, atender às necessidades de financiamento previstas de frota e corporativas para reiniciar rapidamente as operações”.

Dos 307 milhões de euros de novas linhas de financiamento, 220 milhões de euros correspondem a um novo empréstimo a prazo, 90% garantido pelo Estado francês, tendo como condição “nenhum pagamento de dividendos em 2020 e 2021”, refere o grupo que detém a Europcar.

Acresce ainda um novo financiamento de 67 milhões de euros, 70% garantido pelo Estado espanhol, mais 20 milhões de euros adicionais em linha de crédito ‘revolving’ (para aumentar de 650 milhões de euros para 670 milhões de euros), fornecida por bancos franceses que obtiveram uma garantia da Eurazeo através de uma participação de subrisco, adianta o grupo.

“Todas estas novas facilidades de financiamento, em conjunto com a sua atual estrutura de financiamento, foram estruturadas com base na atual situação de pandemia. Estas medidas irão permitir que o grupo enfrente os impactos significativos no negócio resultantes do confinamento e restrições nas viagens em todos os mercados onde opera, até que seja possível retomar progressivamente as suas atividades pós-crise covid-19”, explica o Europcar Mobility Group.

O grupo continua em negociações com outros países sobre empréstimos com garantia do Estado.

“Antes de mais, gostaria de agradecer ao ministro Bruno Le Maire, ao secretário de Estado Agnès Pannier-Runacher, ao Estado francês e aos nossos bancos por apoiar o Europcar Mobility Group e por permitir um diálogo construtivo, numa fase inicial da crise da covid-19”, afirma Caroline Parot, presidente de Conselho de Administração do Europcar Mobility Group, citada em comunicado.

“Estas novas linhas de financiamento permitirão garantir e retomar progressivamente as nossas atividades, assim que as economias locais reiniciarem e começarem a recuperar. O nosso grupo está a preparar-se ativamente para esse reinício, levando em consideração novos padrões e expectativas dos clientes que provavelmente resultarão da crise”, acrescentou a gestora.

O Europcar Mobility Group opera através de diversas marcas, sendo as quatro principais: a Europcar, Goldcar, InterRent e a Ubeeqo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa. JOÃO RELVAS/POOL/LUSA

Governo cria complemento salarial até 350 euros para trabalhadores em lay-off

O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa, 04 junho 2020, realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda, em Lisboa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

Banco de Fomento para Portugal com “aprovação provisória”

O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda,  em Lisboa, 29 de maio de 2020. O Governo decidiu adiar a passagem para a terceira fase de desconfinamento na Área Metropolitana de Lisboa e criou regras especiais, sobretudo em atividades que envolvem “grande aglomerações de pessoas”.  MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Trabalhadores em lay-off passam a receber entre 77% e 92% do salário

Grupo Europcar garante 307 milhões de novas linhas de financiamento