Turismo

Grupo InterContinental vai abrir hotéis Indigo e Voco em Portugal

A região Porto e Norte de Portugal é um dos destinos eleitos para as férias de fim de ano. Foto: Igor Martins/Global Imagens
A região Porto e Norte de Portugal é um dos destinos eleitos para as férias de fim de ano. Foto: Igor Martins/Global Imagens

O grupo hoteleiro, um dos maiores do mundo, vê potencial para introduzir novas marcas e para expandir rede Holiday Inn.

O InterContinental Hotels Group (IHG), grupo hoteleiro internacional que em Portugal explora as marcas InterContinental, Six Senses, Crowne Plaza e Holiday Inn, num total de 17 unidades, vai reforçar a sua presença no país, quer através da expansão de insígnias já presentes no mercado quer pela introdução de novos conceitos.

Este “é um momento fantástico para estar no setor do turismo em Portugal”, onde “ainda existem oportunidades relativamente inexploradas” e “diversificadas ao nível geográfico”, justifica Eric Viale, diretor-geral do IHG para o sul da Europa.

O grupo prepara-se para lançar no país a Voco, a mais recente marca do seu portfólio, que já tem quatro hotéis em operação e 14 novos projetos em desenvolvimento. Segundo Eric Viale, Portugal apresenta um “grande potencial” para a introdução desta insígnia.

Em simultâneo, o IHG está a estudar o lançamento do conceito Indigo, hotel boutique com presença em vários continentes, cujo plano de crescimento para os próximos cinco anos prevê a duplicação do número de unidades um pouco por todo o mundo.

Também a marca boutique Kimpton, que na Europa ainda só contabiliza quatro hotéis, demonstra “um potencial interessante no mercado português”. Como sublinha, “temos o compromisso de desenvolver todas as nossas marcas em Portugal, com especial foco no Holiday Inn, Holiday Inn Express, Indigo e Voco”.

Crescer a sul
Enquanto não avança com os investimentos nos novos projetos, o IHG tem apostado em renovar alguns dos hotéis que explora em Portugal. O InterContinental de Lisboa foi recentemente alvo de várias reformas, focadas na introdução de um layout moderno que capte a nova vaga de turistas de negócios. Foram criados novos espaços, reforçada a qualidade das suites e instalados terraços com vista para a cidade.

No hotel portuense da mesma marca está previsto para o próximo ano a renovação de suites e a introdução de um novo conceito de restaurante. Na insígnia Holiday Inn, o grupo está a renovar o design das áreas comuns e a modernizar os quartos.

De acordo com Eric Viale, a performance dos hotéis do grupo em Portugal destaca-se pelo “forte desempenho” dos InterContinental, que registam “crescimentos acima do mercado e continuam a ganhar RevPar” (receita por quarto disponível).

O grupo IHG quer reforçar a sua presença no mercado do sul da Europa, território que a nível da gestão integra países como França, Espanha ou Portugal e estende-se a territórios como Chipre, Turquia e Israel. “É uma região empolgante, com excelentes oportunidades de crescimento”, onde explora 187 hotéis, num universo de cerca de 30 mil quartos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
lisboa casas turismo salarios portugal

Taxa de juro do crédito à habitação cai para 1%

Lisboa, 18/02/2020 - Plenário da Assembleia da República - Debate quinzenal com o primeiro ministro.
Primeiro Ministro António Costa com os restantes ministros que compõem o governo.
Jerónimo de Sousa - PCP
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Jerónimo avisa Costa que “sem aumentos salariais” os “problemas vão aumentar”

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (C), acompanhado pelo ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno e pelo presidente da CP, Nuno Freitas (E), na assinatura do contrato de serviço público entre o Estado e a CP, na Estação do Rossio, em Lisboa, 28 de novembro de 2019. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

CP escapa a multas por atraso no contrato de serviço público

Grupo InterContinental vai abrir hotéis Indigo e Voco em Portugal