Indústria 4.0

Grupo ISQ. Um milhão de euros para levar tecnologia às PME industriais

Primeiro-ministro, António Costa. Foto: Paulo Novais / Lusa
Primeiro-ministro, António Costa. Foto: Paulo Novais / Lusa

A apresentação do projeto decorre a partir desta terça-feira, com workshops em Castelo Branco, São João da Madeira e Évora.

Com um investimento de perto de 573 mil euros, o Grupo ISQ está a desenvolver o projeto SIM4.0 que visa a transferência de conhecimento científico e tecnológico sobre Sistemas Inteligentes de Monitorização (SIM) para o tecido industrial nacional (sobretudo PME), com incidência em três setores alvo tradicionais: bens de equipamento, componentes e agroalimentar.

O projeto tem também um incentivo de quase 500 mil euros por parte do programa europeu Horizonte 2020 e durará até agosto 2019. No total, o SIM4.0 tem um valor que supera um milhão de euros.

A apresentação do projeto decorre a partir desta terça-feira, e durante toda a semana, com workshops em Castelo Branco (13 de março), São João da Madeira (14 de março, Sanjotec) e Évora (15 de março, Universidade de Évora). Na sequência dos workshops serão selecionadas empresas para serem alvo de intervenção para desenvolvimento de aplicações piloto para demonstração.

Em comunicado, o Grupo ISQ explicou que o objetivo do projeto é contribuir para acelerar a capacitação das PME para a adoção do paradigma Indústria 4.0, a partir da transferência de conhecimento, obtido no desenvolvimento de projetos de I&D nacionais e europeus. De acordo com o ISQ, a monitorização de equipamentos, processos e sistemas e a gestão inteligente de dados e fluxos de informação é fundamental para a indústria portuguesa.

“Pretende-se que este projeto permita a aproximação entre as comunidades científica e industrial, através da demonstração em cenários industriais reais de resultados científicos e tecnológicos obtidos em ambiente controlado (laboratório), no decorrer de projetos de I&D”, explica Helena Gouveia, coordenadora do projeto SIM4.0.

Ou seja, serão apresentados exemplos práticos para mostrar o potencial da implementação de tecnologias avançadas (como por exemplo, monitorização inteligente baseada em rede de sensores; análise de dados em tempo real; inteligência artificial), no aumento da eficácia, competitividade e sustentabilidade dos sistemas industriais portugueses.

A apresentação do projeto inicia-se com a realização de workshops genéricos, seguindo-se depois sessões específicas nos três setores alvo do SIM4.0, em datas a anunciar brevemente.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Carlos Costa. Fotografia: Filipa Bernardo/ Global Imagens

Retoma mantém-se em 2,3% mas petróleo sobe o triplo

combustiveis 8

APETRO rejeita acusação de lucro com descida do ISP nos combustíveis

Fotografia: DR

Grécia: Eurogrupo alcança acordo para a conclusão do último resgate

Outros conteúdos GMG
Grupo ISQ. Um milhão de euros para levar tecnologia às PME industriais