Grupo Prébuild ganha construção de hotel de luxo em Bogotá

Hotel W Bogotá deverá abrir em 2014
Hotel W Bogotá deverá abrir em 2014

O mais luxuoso hotel da capital da Colômbia vai ser construído pelo grupo português Prébuild, através da sua mais recente aquisição, a EKKO Promotora SA.

O futuro “W” nasce de uma parceria entre a cadeia Starwood e a Terranum Hotels, do grupo colombiano Santo Domingo e terá 17 pisos, dos quais dois no subsolo, com 182 quartos e uma área de 16 mil metros quadrados de construção. Ficará localizado no distrito de Usaquen, no norte de Bogotá, zona onde se situam os mais modernos estabelecimentos comerciais e de restauração, devendo a construção ficar concluída em 16 meses. O hotel deverá entrar em funcionamento em 2014.

A EKKO está envolvida, ainda, na construção de um conjunto de edifícios de escritórios e habitação de luxo em Bogotá e em Yopal, além de milhares de fogos de habitação social em vários locais do país sul-americano.

O grupo português Prébuild está também a instalar em Bogotá um parque industrial com onze fábricas de materiais de construção, num investimento global próximo dos 150 milhões de euros. A colombiana EKKO Promotora SA foi adquirida pela Prébuild este mês, como parte da estratégia de consolidação da presença na Colômbia, um país considerado pelo grupo de João Gama Leão “estratégico e de grande potencial de crescimento” onde o grupo português pretende continuar a investir.

A EKKO Promotora SA era uma construtora de média dimensão, com 120 trabalhadores e uma faturação anual na ordem dos 15 milhões de euros. Com a aquisição pelo grupo português, viu a carteira de negócios até 2015 ascender a 450 milhões de euros.

A Prébuild, grupo industrial português fundado em 2001, detém 33 empresas, das quais 17 em Portugal. Tem uma forte presença em Angola, Espanha e Colômbia, onde atua principalmente nas áreas da construção, metalurgia e madeiras. Emprega cerca de 5700 pessoas e o volume de negócios rondou os 500 milhões de euros no ano passado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Primeiro-ministro, António Costa. Fotografia: NUNO FOX/LUSA

Costa: “Depois deste ano nada poderá ficar como antes”

Mário Centeno, ministro das Finanças, com Pierre Moscovici, comissário europeu. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Governo promete a Bruxelas ser bom aluno em 2018

António Mendonça Mendes, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais

Mínimo de existência acaba com IRS para 54 mil recibos verdes

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Grupo Prébuild ganha construção de hotel de luxo em Bogotá