Grupo Zendal investe 15 milhões em unidade de vacinas em Paredes de Coura

Grupo biotecnológico vai construir uma unidade de produção e enchimento de vacinas em Paredes de Coura. Conclusão deverá ser até ao fim do ano.

O grupo farmacêutico espanhol Zendal vai investir 15 milhões de euros numa unidade de produção e enchimento de vacinas em Paredes de Coura, criando assim um pólo biotecnológico Galiza-norte de Portugal, uma vez que a sede do grupo se situa em Porriño, Galiza.

A unidade de Paredes de Coura visa aumentar a produção de vacinas víricas para a saúde humana e inclui-se no plano estratégico do grupo e deverá estar concluída em dezembro deste ano. Na Galiza, vão também ser construídos "novos espaços para ampliar a sua capacidade de produção e enchimento."

A fábrica no norte do país deverá arrancar com uma equipa de 30 colaboradores, dos quais pelo menos 50% com formação superior. A Zendal prevê colaborar com os centros de formação profissional, com as universidades e com os centros tecnológicos do norte de Portugal. O CEO, Andrés Fernández, diz que "é uma oportunidade para reforçar o nosso papel como referência na produção de vacinas. Estamos num momento chave para a Euroregião, pelo que o pólo Galiza-norte de Portugal pode ser a base de grandes projetos biotecnológicos."

O primeiro-ministro António Costa já referiu que este investimento "coloca Portugal na linha da frente dos esforços de resposta a crises sanitárias, como a que atualmente enfrentamos, da covid-19, garantindo o envolvimento nacional nas cadeias de valor globais do setor da saúde. Um projeto que reconhece as competências e as capacidades portuguesas numa área de alta intensidade tecnológica e com forte pendor exportador".

A Zendal junta sete empresas de investigação, desenvolvimento, produção e comercialização de vacinas para a saúde humana e animal e conta com mais de 350 trabalhadores, na sua maioria altamente qualificados.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de