retalho

GS1 (des)codifica o futuro do consumo na Nova SBE

Retalho

São esperados 400 participantes ao 5º Congresso da GS1 na Nova SBE, em Carcavelos, para discutir o futuro do consumo num ambiente digital

O impacto do digital no retalho e nos hábitos de consumo são o tema do 5º congresso da GS1 Portugal que arranca esta quinta-feira na Nova SBE, em Carcavelos.

(Des)codificar o Futuro. Estilos de Vida e Digitalização. Desafios, Modelos de Oferta e Consumo” é o tema do congresso que vai reunir representantes do sector do retalho e do mundo digital.

“O 5º Congresso da GS1 Portugal decorre num contexto em que se torna evidente o impacto da tecnologia e das competências digitais na oferta de novos produtos e serviços, bem como na procura, dando origem a novos segmentos de consumidores, nomeadamente, os Centenials, Millenials, e Seniors, que passam a ser segmentos determinantes para a dinâmica da oferta e da procura. A discussão aberta e neutra com uma diversidade tão grande de participantes irá identificar os principais desafios que as empresas enfrentam na era da digitalização e as melhores abordagens para dar resposta às oportunidades”, refere João de Castro Guimarães, diretor-executivo da GS1 Portugal – Codipor, citado em nota de imprensa.

O encontro, que irá decorrer no Grande Auditório do Campus da Nova SBE, juntará cerca de 400 participantes para ouvir o debate “O Consumidor no Centro da Transformação Digital” e que conta com a participação de Pedro Salter Cid, diretor-geral da Auchan Retail Portugal; Rui Miguel Nabeiro, administrador da Delta; Manuel Sousa Pinto, administrador da Sogrape Distribuição SA; José Fortunato, administrador da Sonae MC; António Casanova, CEO da Unilever, FIMA e GALLO e Luís Mesquita Dias, diretor-geral da Vitacress Portugal.

Paulo Portas, ex-vice-Primeiro Ministro do XX Governo Constitucional e vice-presidente da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, irá fazer um enquadramento macro sobre a economia mundial e as suas repercussões em Portugal.

O Congresso contará, ainda, com a intervenção de especialistas de diversas áreas. Rogério Carapuça, presidente da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações, vai pronunciar-se sobre o impacto transversal dessa “revolução”; Ana Paula Barbosa, diretora de retail services na Nielson Company, abordará os “desafios dos novos modelos de oferta e consumo”; Paula Panarra, diretora-geral da Microsoft Portugal, falará sobre inteligência artificial, sobre os “mitos e receios, ética e oportunidades” e o Major Rogério Raposo, Coordenador de Operações do Centro Nacional Cibersegurança, irá falar sobre capacitação nacional nesta matéria.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, Portugal 2

Endividamento das famílias atinge máximo de três anos

(Carlos Santos/Global Imagens)

TDT. Anacom arranca com call center em novembro para teste piloto

Fotografia: Filipe Amorim / Global Imagens

Lucros da Galp afundam 59% nos primeiros nove meses do ano

Outros conteúdos GMG
GS1 (des)codifica o futuro do consumo na Nova SBE