transportes

Há 200 mil euros para táxis elétricos e carregadores a partir de sexta

Fotografia: Gonçalo Villaverde / Global Imagens
Fotografia: Gonçalo Villaverde / Global Imagens

Governo lança segundo aviso do Fundo para o Serviço Público de Transportes

Os motoristas de táxi vão voltar a ter incentivos para trocar o carro a combustível por um veículo 100% elétrico. O Ministério do Ambiente e da Transição Energética vai lançar, na sexta-feira, o segundo aviso de financiamento para apoiar a compra de táxis elétricos e postos de carregamento, no âmbito dos incentivos à descarbonização e à modernização do setor, através do Fundo para o Serviço Público de Transportes. Esta medida conta com um orçamento total de 200 mil euros.

Logo na compra do carro – assim que for apresentado o comprovativo – será dado um apoio de 5000 euros. A este incentivo poderão ser acrescentados entre 2500 e 7500 euros conforme a idade do carro que for para abate: 2500 euros se o veículo que vai para abate tiver mais de 10 anos; 5000 euros se tiver mais de 15 anos; e 7500 euros se superar os 20 anos.

Este será o segundo aviso para troca de frota de táxi: em 2018, a primeira ‘chamada’ contou com oito adesões, recordou o ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, em audição parlamentar na quarta-feira, onde anunciou este apoio. Na altura, esta medida tinha um apoio de 625 000 euros.

O fundo para os transportes também vai apoiar, a 100%, o custo dos postos de carregamento de automóveis, até ao montante de 2 mil euros por posto.

“As candidaturas devem ser submetidas, até dia 31 de julho, através de formulário online disponível no site oficial do Instituto da Mobilidade e dos Transportes, onde pode ser consultada toda a informação sobre o aviso”, refere a nota de imprensa.

Ainda em abril, será lançado um apoio de 100 mil euros para os motoristas poderem trocar de taxímetros.

Em 2018, o fundo FSPT lançou quatro avisos para a descarbonização do sector do táxi, no valor total de 750 000 euros.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Créditos ruinosos da Caixa nas mãos do Ministério Público

A330-900 neo

A330 neo. Associação de pilotos quer ouvir especialistas na Holanda

Greve de motoristas de matérias perigosas parou o país, em abril. 
(MÁRIO CRUZ/LUSA

Nova greve dos camionistas dia 12. Pré-aviso já foi entregue

Outros conteúdos GMG
Há 200 mil euros para táxis elétricos e carregadores a partir de sexta