Ambiente

Há uma companhia aérea entre as dez empresas mais poluentes da Europa

DR
DR

Os números podem tornar a indústria aeronáutica na maior emissora de gases poluentes em três décadas.

A Ryanair foi uma das dez companhias aéreas mais poluentes da Europa, em 2018. A conclusão é de uma análise sobre as emissões de carbono na União Europeia (UE) levada a cabo pela Transport & Environment, um grupo de investigação sediado em Bruxelas.

As emissões da companhia aérea de baixo custo irlandesa chegaram aos 6,9% no ano passado, de acordo com o estudo, citado pela Bloomberg.

Os resultados realçam o aumento do contributo da indústria aérea para os gases do efeito de estufa, principais culpados pela deterioração da atmosfera. A poluição provocada pelas companhias aéreas aumentou cerca de dois terços desde 2005 e os analistas preveem que a situação se continue a agravar ao mesmo tempo que os voos se tornam cada vez mais baratos. Os números podem tornar esta indústria na maior emissora de gases poluentes em três décadas.

A Ryanair ocupa o nono lugar na lista dos maiores poluentes da Europa. Nos restantes lugares do top 10 estão empresas que geram eletricidade através do carvão, o combustível fóssil mais poluente.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Restaurante em Vila Real de Santo António. (LUÍS FORRA / LUSA)

Destruição de emprego na pandemia é toda à custa de trabalhadores mais pobres

Fotografia: D.R.

Cofina em alta após lançar OPA sobre a Media Capital

Fotografia: D.R.

Proprietários receiam extensão das moratórias das rendas comerciais

Há uma companhia aérea entre as dez empresas mais poluentes da Europa