Tecnologia

HarmonyOS é a resposta da Huawei ao Android e é para todos

HarmonyOS Huawei
Richard Yu, no HDC 2019, em Dongguan, China. Foto: João Tomé

Huawei lança novo sistema operativo anti-Android, Windows e companhia que será partilhado com outras marcas e servir todo o tipo de aparelhos.

Foi num pavilhão de basquetebol com capacidade para cinco mil pessoas (e longe de estar cheio) em Dongguan, na China, e numa keynoteem chinês, mas para o mundo ver e ouvir, que a Huawei deu a sua resposta ao recente bloqueio americano. A empresa chinesa lançou um novo sistema operativo que promete ser alternativa do Android ao Windows (em 2020) e ser opção para todos os tipos de aparelhos. E, tal como o Android, poderá ser utilizado por outras empresas além da Huawei, já que é em open source. Uma posição categórica da empresa chinesa após as dúvidas recentes sobre se podia usar o sistema Android nos seus telemóveis.

Embora a parceria com a Google se mantenha “por respeito com os vários parceiros”, a empresa garante que em apenas dois dias consegue fazer a transição suave de todos os aparelhos para o novo Harmony e abandonar o Android, se for necessário. Em aberto fica uma possível mudança no futuro, até porque a marca defende que o seu sistema é mais rápido, tem menos latência e é mais seguro do que o sistema da Google – o que pode ser mais difícil é ter o número de programadores e parcerias que o Android já tem.

Richard Yu, o líder da parte de consumo da Huawei, fez o anúncio no HDC 2019, a conferência de programadores da empresa, que pela primeira vez foi aberta à imprensa internacional – o Dinheiro Vivo/Insider também esteve no evento na China e pode contar com reportagens nos próximos dias.

Pode ler mais sobre o tema amanhã na edição em papel do Dinheiro Vivo, que sai com o DN e JN.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Exportações, TIC, Taiwan

Portugal exporta mais talento e tecnologia. Taiwan ganha força

Lisboa, 19/7/2019 - Eduardo Marques, Presidente da AEPSA- Associação das Empresas Portuguesas para o Sector do Ambiente-  uma associação empresarial, criada em 1994, que representa e defende os interesses coletivos das empresas privadas com intervenção no setor do ambiente,
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Eduardo Marques. “Há um grande espaço para aumentar as tarifas da água”

Jorge Leite. Fotografia: CGTP-IN

Morreu Jorge Leite, o jurista do Trabalho que defrontou a troika

Outros conteúdos GMG
HarmonyOS é a resposta da Huawei ao Android e é para todos