Mercados

Hasbro compra produtora da Porquinha Peppa e ações sobem 30%

PEPPA

Empresa americana que tem o jogo Monopólio irá pagar 5,6 libras por ação

A Entertainment One tornou-se no mais recente exemplo no Reino Unido de uma empresa a ser comprada por uma companhia estrangeira, desde que a libra começou a desvalorizar dado o receio de acontecer um Brexit sem acordo. A Hasbro vai pagar cerca de 3,6 mil milhões de euros naquele que será o maior negócio da história da empresa de brinquedos americana, conhecida pelos jogos do Monopólio e Trivial e ainda a plasticina Play-Doh, os Power Rangers, Transformers e o Meu Pequeno Pónei, por exemplo.

A Hasbro – que tem um valor de mercado de 14 mil milhões de dólares – pagará 5,6 libras (cerca de 6,2 de euros) por cada ação da Entertainment One – que na manhã desta sexta-feira valorizaram 30% -, num negócio financiado através de dívida e por 1,25 mil milhões em dinheiro através de financiamento de ações, segundo explica a Reuters, citando a empresa americana. O The Guardian escreve que a compra supera três vezes mais o valor que a ITV ofereceu há três anos, num negócio que acabou por ser cancelado.

O jornal britânico refere como se têm concretizado algumas compras de empresas britânicas por estrangeiras desde que a libra começou a desvalorizar. O caso mais recente tinha sido o da aquisição de um pub com 220 anos e da companhia de cerveja Greene King, por parte da família mais rica de Hong Kong.

A Entertainment One distribuiu programas como The Walking Dead, mas também participou na produção de Green Book, filme que ganhou três óscares: melhor filme, melhor ator secundário (Mahershala Ali) e melhor argumento original. No entanto, é um desenho animado o produto mais rentável. A Porquinha Peppa tornou-se numa marca que vale milhões a nível global, tendo já “saído” da televisão para ter parques temáticos e muito merchandise.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
EPA/MICHAEL REYNOLDS

Ação climática. Portugal vai ter de gastar mais de um bilião de euros

Quartel da Graça, em Lisboa. (Fotografia: D.R.)

Revive: Sete hoteleiros na corrida para transformar o Quartel da Graça

Thomas Cook era a agência turística mais antiga do mundo. ( EPA/ARMANDO BABANI)

Thomas Cook declarou falência. 600 mil turistas procuram solução

Outros conteúdos GMG
Hasbro compra produtora da Porquinha Peppa e ações sobem 30%