OPA

Hedge fund diz que preço da OPA sobre a EDP Renováveis é baixo

João Manso Neto, CEO da EDP Renováveis
João Manso Neto, CEO da EDP Renováveis

Numa carta enviada à administração da EDP Renováveis, o hedge fund Ecofin defende que os accionistas não devem aceitar a oferta.

O ‘hedge fund’ britânico Ecofin apelou aos acionistas para rejeitarem a oferta da EDP sobre a EDP Renováveis por considerarem que o preço é demasiado baixo e desvaloriza significativamente a empresa, avança a agência Reuters.

Numa carta enviada pela gestão do ‘hedge fund’ à administração da EDP Renováveis, à qual a Reuters teve acesso, o ‘hedge fund’ defende que é “impossível” considerar a oferta completa e justa e pediu aos acionistas para não aceitarem o preço “surpreendentemente baixo, afirmando que não há razões para os administradores apoiarem a oferta.

Recorde-se que a EDP lançou no dia 27 de março uma OPA sobre a EDP Renováveis, com o objetivo de adquirir a participação de de 22,5% que ainda não detém na empresa, tendo oferecido um valor de 6,8 euros por ação. O valor da oferta é inferior ao valor em que os títulos da EDP Renováveis foram colocados no mercado, em 2008 (8 euros por ação).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Franceses da Altice concluíram aquisição da PT Portugal à Oi em junho por 5,7 mil milhões de euros

Porto. Trabalhadores da PT avançam com concentração esta quinta-feira

Estado leva endividamento da economia para novo máximo

Portugueses têm menos dinheiro

Proibidos pagamentos em dinheiro acima de 3.000 euros

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Hedge fund diz que preço da OPA sobre a EDP Renováveis é baixo