Web Summit

Hipócrita? Paddy Cosgrave contra fuga ao fisco, mas com fundo em paraíso fiscal

Paddy Cosgrave, no Parque das Naçõe (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)
Paddy Cosgrave, no Parque das Naçõe (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

"I'm no saint", admitiu o fundador da Web Summit que tem um fundo de investimento sediado em Delaware.

Faz o que eu digo mas não faças o que eu faço, parece ser a máxima de Paddy Cosgrave. O fundador da Web Summit admitiu esta quarta-feira que não era nenhum santo. Em causa, uma campanha nas redes sociais que tem conduzido contra a política fiscal irlandesa, que permite que os mais ricos e as grandes tecnológicas possam fugir ao fisco.

Por outro lado, Paddy Cosgrave é o dono do fundo de investimento Amaranthine, com sede na Califórnia, mas registado no paraíso fiscal do Delaware. Hipócrita? “Absolutamente,” indicou em conferência de imprensa esta quarta-feira, quando confrontado com a situação. Justificou o local escolhido como sendo prática comum em matéria de impostos, no mundo tecnológico.

A cruzada de Paddy Cosgrave contra a evasão fiscal irlandesa não é de agora. A situação tem estado inclusivamente debaixo de olho dos agentes internacionais – em especial de Bruxelas, – devido aos benefícios fiscais que a Irlanda concede a gigantes digitais, como a Google e o Facebook.

Em abril, a rede social de Zuckerberg tinha encerrado uma página da autoria do fundador da Web Summit – embora anónima – que emitia anúncios a denunciar a situação. Mas Paddy Cosgrave voltou à carga, desta vez no Twitter. “Bem-vindos ao capítulo 2”, escreveu.

As preocupações que levantou são legitimas, indicou à Bloomberg Jim Stewar, do Trinity College de Dublin. Contudo, o académico questiona os métodos utilizados pelo fundador da Web Summit. “As campanhas e as defesas das causas devem ser transparentes, em relação a quem ou que grupo está por trás de um assunto em particular,” defendeu.

Apesar de largamente reconhecido, Paddy Cosgrave é uma figura pouco consensual na Irlanda. Muitos dos seus compatriotas admiram as suas conquistas, mas outros tantos consideram que ele faz uma caça às bruxas ao governo irlandês, desde que a Web Summit se moveu de Dublin para Lisboa.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (D), agraciou o empresário, Alexandre Soares dos Santos (E), com a Ordem de Grã-Cruz de Mérito Empresarial, no Palácio de Belém, em Lisboa, 20 de abril de 2017. 

Fotografia: PAULO NOVAIS/LUSA

Morreu Alexandre Soares dos Santos, o senhor Jerónimo Martins (1934 – 2019)

Alexandre Soares dos Santos

Soares dos Santos: Momentos marcantes da sua liderança

ng3091740

O dono do Pingo Doce sobre o Estado, a crise e a Europa

Outros conteúdos GMG
Hipócrita? Paddy Cosgrave contra fuga ao fisco, mas com fundo em paraíso fiscal