Hotelaria

Hyatt pondera avançar com proposta para aquisição do NH

Hyatt

A Hyatt tem o apoio da Hesperia, que detém uma participação de 8,1% na cadeia hoteleira espanhola NH Hotel Group.

O futuro do NH Hotel Group continua em aberto. A hoteleira norte-americana Hyatt mostrou interesse em entrar na disputa pelo controlo total do NH, mas a decisão só será conhecida em setembro, noticiam os meios especializados.

A empresa considera que o preço oferecido pelo grupo tailandês Minor Internacional, dono dos hotéis Tivoli em Portugal, “subestima o valor intrínseco do NH”, escreve o CincoDías. O preço proposto pela Minor, em análise pela Autoridade da Concorrência, é de 6,30 euros por cada ação da rede de hotéis liderada por Ramón Aragonés.

Há cerca de um mês, em junho, a Minor anunciou o lançamento de uma oferta pública de aquisição sobre a totalidade da rede hoteleira espanhola, através da sua subsidiária MHG Continental Holding.

No início deste ano, também a Barceló submeteu uma proposta de aquisição ao NH, mas a intenção foi rejeitada pelo seu conterrâneo espanhol.

O NH Hotel Group, fundado em 1978, conta com uma carteira de 382 hotéis e resorts em 30 países na Europa, América e África, três deles em Portugal – NH Campo Grande, NH Collection Lisboa Liberdade e NH Collection Porto Batalha, num total de mais de 250 quartos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O presidente do Novo Banco, António Ramalho, discursa na cerimónia de lançamento do Projeto de Divulgação Cultural do Novo Banco. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Banca custou ao Estado mais 1,5 mil milhões de euros em 2019, agora ajude

coronavirus portugal antonio costa

Proibidos ajuntamentos com mais de cinco pessoas. Aeroportos encerrados

O primeiro-ministro, António Costa, fala aos jornalistas no final da reunião do Conselho de Ministros após a Assembleia da República ter aprovado o decreto do Presidente da República que prolonga o estado de emergência até ao final do dia 17 de abril para combater a pandemia da covid-19, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 2 de abril de 2020. 
 MÁRIO CRUZ/POOL/LUSA

Mapa de férias pode ser aprovado e afixado mais tarde do que o habitual

Hyatt pondera avançar com proposta para aquisição do NH