Iberdrola e Danone Espanha criam a maior central fotovoltaica da Europa

A nova central representa um investimento superior a 300 milhões de euros

A Iberdrola e a Danone anunciaram, esta sexta-feira, uma parceria visando o cumprimento dos seus compromissos de sustentabilidade com o contrato de compra e venda de energia a longo prazo, que conduzirá ao desenvolvimento da "maior central fotovoltaica da Europa".

"A iniciativa consolida a estratégia renovável da Danone a longo prazo e permite que 100% da energia elétrica renovável usada nas suas empresas e fábricas provenha deste projeto solar", refere em comunicado.

O acordo alcançado, precisa, garantirá o fornecimento de eletricidade a longo prazo a todas as unidades de produção da Danone, localizadas nas Astúrias, Barcelona, Girona, Guadalajara, Granada, Madrid e Valência, bem como aos centros de logística e escritórios. Esta aliança foi complementada pelos fornecedores da Danone, Graham Packaging e Salvesen Logística.

Com base no acordo, a ​​​​​​​Iberdrola, por sua vez, irá fornecer energia limpa aos 29 pontos de abastecimento da Danone em Espanha durante um período de 10 anos, a partir de abril de 2022.

A energia em causa virá do projeto Francisco Pizarro, a maior central fotovoltaica projetada na Europa, com 590 MW de capacidade, que a Iberdrola está a construir entre os municípios da Estremadura de Torrecillas de la Tiesa e Aldeacentera, em Cáceres. Entrará em operação em 2022, e evitará a emissão para a atmosfera de mais de 245 mil toneladas de CO2 por ano, "reforçando a competitividade desta tecnologia para a proteção do meio ambiente e para a mitigação do aquecimento global".

Já a construção da central "contribuirá para a geração de emprego, prevendo-se o envolvimento de mais de 1.200 profissionais nos momentos de pico da sua execução, dinamizando o tecido industrial da comunidade". O projeto representa um investimento superior a 300 milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de