Automóvel

“Idea Factor”. Como um grupo quer mostrar Portugal a Elon Musk

Movimento criado em novembro de 2016 pretende convencer Elon Musk a construir primeira fábrica europeia de baterias da Tesla em Portugal. Fotografia: DR
Movimento criado em novembro de 2016 pretende convencer Elon Musk a construir primeira fábrica europeia de baterias da Tesla em Portugal. Fotografia: DR

Conclusões dos oito grupos de trabalho sobre investimento da Tesla em Portugal deverão ser conhecidas a 25 de março

Inovação, disrupção, exploração e adaptação. Estes são os quatro fatores que Portugal tem e que podem convencer o líder da Tesla, Elon Musk, a investir no nosso país. Pelo menos esta é a convicção do movimento “Bring Tesla Gigafactory to Portugal”, que esta terça-feira apresentou as conclusões preliminares do estudo iniciado no final de fevereiro e que conta com oito grupos de trabalho.

“Portugal tem algo único, o Idea Factor. O que faz diferença para alguém como o Elon Musk não são os recursos financeiros de um país”, adiantou Rui Miguel Coelho, um dos fundadores do grupo e que justificou os quatro fatores de Portugal:

  • Inovação – exemplo do Centro de Excelência para a Inovação da Indústria Automóvel (CEIA);
  • Disrupção – Portugal também é um país de disruptores porque “somos capazes de mudar história. Estamos a transformar-nos depois da crise e o próprio Elon Musk é um disruptor”;
  • Exploração – “basta pensar na história dos Descobrimentos e do movimento de empreendedorismo que o país vive”;
  • Adaptação + ação – “não é o mais forte quem sobrevive; é quem se adapta melhor. Somos um país ágil e que está a tentar adaptar-se, através da ação”.

As conclusões dos oito grupos de trabalho constituídos no final de fevereiro deverão ser conhecidas no próximo sábado, 25 de março, no festival de sustentabilidade GreenFest, que realiza-se em Torres Vedras. Há um total de 120 pessoas envolvidas neste projeto e que estão a trabalhar pro bono, ou seja, sem receber nada em troca. O estudo já mereceu o interesse do próprio Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que quer conhecer as conclusões dos oito grupos de trabalho.

O encontro desta terça-feira serviu também para apresentar “O livro dos sonhadores”, que conta com trabalhos de 16 fotógrafos nacionais e pretende mostrar “a Portugalidade” ao líder da Tesla, Elon Musk, que vai receber o primeiro exemplar. São apresentadas fotografias de locais como a Fundação Champalimaud, o Instituto de Nanotecnologia de Braga e Village Underground Lisboa.

O movimento prepara-se ainda para realizar uma “volta a Portugal” por 10 cidades, entre 27 e 31 de março e que pretende divulgar o trabalho realizado desde novembro de 2016.

O movimento “Bring Tesla Gigafactory to Portugal” nasceu em novembro de 2016 e conta com mais de 70 mil seguidores na página gerida através do Facebook.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(REUTERS/Kevin Coombs)

Acordo para o brexit com pouco impacto para Portugal

London Mayor Boris Johnson speaks at a Vote Leave rally in Newcastle, Britain April 16, 2016. REUTERS/Andrew Yates

Deputados tentam adiar Brexit. Boris Johnson não quer esperar mais

Emmanuel Macron, Presidente de França, com Angela Merkel, Chanceler da Alemanha. EPA/OMER MESSINGER

França: Novo adiamento do Brexit não interessa a ninguém

Outros conteúdos GMG
“Idea Factor”. Como um grupo quer mostrar Portugal a Elon Musk