Ikea

Ikea entra na onda ambiental e elimina catálogo em papel

ikea dinamarca catálogo

A marca assume um importante passo na direcção de uma gestão mais inovadora e deixa de imprimir seus catálogos no papel

As estratégias empresariais que visam atentar para a questão ambiental fazem bem ao meio ambiente e também às marcas. A Ikea, pela primeira vez em 50 anos decidiu parar de imprimir os seus catálogos e substitui-los por uma versão digital, para já, apenas na Dinamarca.

De acordo com a diretora de marketing da empresa no país escandinavo, Elefteria Cromlidou, “a decisão de digitalizar o catálogo impresso é realmente uma grande mudança”. “Durante 50 anos, o catálogo marcou o início de um novo ano comercial para nós, e tem sido um ponto de referência permanente para funcionários, clientes e outros interessados em design de interiores”, explica a responsável.

Cromlidou admite que este é “um novo capítulo na história da Ikea Dinamarca” e espera inclusive que, no futuro a medida inspire muitas pessoas através das plataformas digitais e outras áreas da empresa. O objetivo é manter “conteúdo relevante que vá ao encontro dos estilos, desejos e necessidades dos clientes que estão cada vez mais e mais tempo online”.

Os catálogos impressos tinham um enorme alcance no país, ao chegarem a dois milhões de lares. Num país cuja população é de 5,8 milhões de pessoas, trata-se de um grande alcance e uma grande mudança na direção dos novos hábitos do chamado “consumo consciente”.

A medida, no entanto, ainda não chegou a Portugal, onde a empresa continua a distribuir dois milhões de catálogos em papel ao longo do ano.

Contactada pelo Dinheiro Vivo, a Ikea Portugal afirmou que “nos últimos anos a Ikea tem testado, em diferentes mercados, novos formatos para a distribuição” do catálogo. “Em Portugal reduzimos o número de cópias distribuídas pelas casas das famílias e, em função das conclusões dos testes realizados, vamos decidir como será o processo no futuro para continuarmos a inspirar e ajudar a maioria das pessoas criar uma vida melhor em casa.”

“O catálogo Ikea é uma das ferramentas de comunicação mais reconhecidas pelos clientes em todo o mundo. Contudo, também sabemos que essa é uma grande responsabilidade. Por isso, o catálogo Ikea é uma publicação com certificação Forest Stewardship Council e trabalhamos em colaboração com os nossos parceiros para cerca de 60% das cópias sejam reciclados a nível global”, acrescentou.

Notícia atualizada às 15:08 com as declarações da Ikea Portugal

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Ikea entra na onda ambiental e elimina catálogo em papel