brinquedos

Imaginarium anuncia novos investidores e reestruturação da dívida

Imaginarium

A empresa de distribuição de brinquedos Imaginarium anunciou hoje que está a iniciar uma “nova etapa saudável”, depois de uma reunião extraordinária de acionistas ter aprovado a entrada de novos investidores e a reestruturação da dívida.

Na reunião de hoje foi aprovada a composição do novo conselho de administração da empresa, liderada por Federico Carrillo Zurcher, informou a empresa, referindo que foi assinada a reestruturação da dívida da Imaginarium.

Através de um aumento de capital foi efetivada a capitalização do empréstimo acordado em julho, num montante de 4,5 milhões de euros. Como resultado, o capital social aumentou para os 4,04 milhões de euros.

Já tinha sido formalizado em julho um pré-acordo com as entidades bancárias e os novos investidores, mediante a assinatura da reestruturação, que contém os acordos finais da reestruturação da dívida financeira e permite a melhoria da situação patrimonial e financeira.

“A Imaginarium enfrenta uma nova etapa que olha para o futuro, com o objetivo de realizar o plano estratégico previsto, que proporciona a estabilidade necessária para fortalecer e garantir a otimização da gestão e iniciar uma nova fase de crescimento lucrativo”, refere a empresa em comunicado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
apple one

Apple One junta vários serviços, chega a Portugal mas com limitações. O que tem

A  90ª edição da Micam, a feira de calçado de Milão, está agendada para os dias 20 a 23 de setembro, com medidas de segurança reforçadas. Fotografia DR

Calçado. Micam arranca este domingo e até há uma nova marca presente

Os ministros da Presidência do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva (C), Economia, Pedro Sia Vieira (E) e do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D). MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Portugal é o quarto país da UE onde é mais difícil descolar do mínimo

Imaginarium anuncia novos investidores e reestruturação da dívida