CBRE

Imobiliário ao rubro. Mercado consegue 850 milhões só em investimento em 2014

Só no centro de Lisboa, CBRE vendeu 52 mil metros quadrados
Só no centro de Lisboa, CBRE vendeu 52 mil metros quadrados

O mercado imobiliário está a obter os melhores resultados dos últimos anos, muito graças aos investidores estrangeiros. A consultora imobiliária CBRE conseguiu, em 2014, os melhores resultados dos últimos sete anos.

Só na área de investimento e promoção, houve um volume de negócios do mercado de imobiliário de 850 milhões de euros, quase o triplo do registado em 2013.

“A totalidade das vendas foi feita a investidores estrangeiros, oriundos da China, Estados Unidos, França e Brasil, com destaque para o departamento de escritórios, que mais do que duplicou em volume de negócios”, adiantou Francisco Horta e Costa, diretor geral da CBRE, durante a apresentação de resultados da empresa.

O responsável considera “notória” a atitude que os investidores estrangeiros tiveram no ano passado, em relação a Portugal, face aos anos anteriores.

Este ano, prevê, a empresa prevê que o mercado esteja em condições de ultrapassar os 1000 milhões em volume de investimento. “Antecipo que, em 2105, o investimento em produto de rendimento continuará a crescer, alimentado pela existência de grandes volumes de capital estrangeiro para investir e pela manutenção das taxas de juro a valores muito baixos”, disse Francisco Horta e Costa.

Uma das principais vendas do grupo deu-se já no final de 2014. Foi o imóvel da EDP, localizado no Marquês de Pombal, ao grupo segurador francês SMA, que opera em Portugal através da subsidiária Victoria Seguros.

Contas feitas, as transações realizadas com investidores estrangeiros totalizaram 61 mil metros quadrados, dos quais 52 mil no centro de Lisboa. Só na zona do Marquês de Pombal, foram vendidos sete edifícios, por 86 milhões de euros.

Os chineses foram “a grande novidade, motivada pelos golden visas”. Ao todo, foram vendidos 30 mil metros quadrados a investidores chineses.

“Apesar da continuada incerteza económica, quase todas as áreas de negócio em que operamos geraram um crescimento nas receitas durante o último ano”, disse ainda o diretor da CBRE.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Imobiliário ao rubro. Mercado consegue 850 milhões só em investimento em 2014