Empresarial

Imofilter lança nova plataforma de imóveis comerciais e empresariais

armazéns

A Imofilter, um dos maiores portais portugueses especializado em armazéns lançou uma nova plataforma, a Imofilter Partners

A Imofilter, um dos maiores portais portugueses especializado em armazéns lançou uma nova plataforma, a Imofilter Partners, com o objetivo de “inovar e a dar resposta às necessidades do mercado em que opera”. A nova plataforma permite, de forma prática e célere, procurar e oferecer produtos e serviços de apoio à atividade empresarial e industrial.

A partir de agora no site da Imofilter, e da plataforma de imóveis, que permite o aluguer e a venda de armazéns e espaços industriais, os empresários têm também a Imofilter Partners, com produtos e serviços, como limpezas e ambiente; armazenagem; manutenção, reparação e peças; tecnologia e informação; telecomunicações; transporte e logística.

Para os responsáveis pelo site “os ganhos são para quem anuncia numa plataforma difundida no mercado, nomeadamente através de canais digitais, e para quem procura porque engloba produtos e serviços que correspondem às necessidades das empresas”

A Imofilter arrancou como plataforma online de venda e aluguer de espaços industriais e armazéns, em 2013. A ferramenta de venda e o aluguer foi o modelo de negócio que levou à criação desta empresa familiar, que é o ponto de encontro entre a oferta e a procura de armazéns, sem fazer mediação.

Para quem insere um imóvel para vender ou arrendar na plataforma, fá-lo de forma gratuita. O anúncio fica ativo na plataforma pelo período de 6 meses, renovando-se automaticamente. Opcionalmente, poderá aderir ao Serviço de Destaques, com um custo reduzido. Além disso, o anunciante pode estruturar os seus anúncios com o máximo de informação possível.

O portal da Imofilter tem, atualmente mais de 3000 armazéns e espaços industriais disponíveis para venda ou arrendamento, cobrindo todos os distritos do país, incluindo as regiões autónomas dos Açores e da Madeira.

Os arrendamentos são a base do negócio, cerca de 60%, e o eixo Braga-Setúbal tem a maior oferta. Perto de 30% dos armazéns disponíveis são para venda. O valor médio dos imóveis anunciados na plataforma é de 1.81 milhões de euros para os imóveis do distrito de Lisboa e 1.21 milhões de euros para os do Porto.

Para além disso, a empresa adianta que já “suscita interesse por parte de entidades de Espanha e dos PALOP’s, nomeadamente através dos serviços económicos das suas embaixadas acreditadas em Portugal”.

Para responder à procura estrangeira e dar um passo largo na internacionalização – um objetivo firme -, está em desenvolvimento a plataforma multilingue, que permitirá abordar e ganhar consistência em novos mercados.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Paschal Donohoe

Sucessor de Centeno: Irlandês Donohoe surpreende e bate espanhola Calviño

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Défice de 2020 vai ser revisto para 7%. Agrava previsão em 0,7 pontos

Comissário Europeu Valdis Dombrovskis. Foto: STEPHANIE LECOCQ / POOL / AFP)

Bruxelas acredita que apoio a empresas saudáveis estará disponível já este ano

Imofilter lança nova plataforma de imóveis comerciais e empresariais