empresas de sucesso

Impetus. O ‘underwear’ de Casillas está a investir 3 milhões

Manuel Torres, Ricardo Figueiredo e Fernando Figueiredo (da esq para a dir).
Fotografia:  Igor Martins / Global Imagens
Manuel Torres, Ricardo Figueiredo e Fernando Figueiredo (da esq para a dir). Fotografia: Igor Martins / Global Imagens

Inovar é a palavra de ordem na Impetus, grupo de Esposende que dá emprego a mais de 800 pessoas

O guarda-redes Casillas foi o primeiro embaixador da Impetus, empresa de Esposende especializada na produção de roupa interior masculina. Uma parceria que teve a sua quota-parte de responsabilidade social, na medida em que, por cada peça da linha Impetus Team Casillas, a empresa doa 50 cêntimos à fundação do jogador. Para 2018, a estratégia de comunicação passa por “humanizar” a marca, através da associação a personalidades e atletas, como os atores Pedro Carvalho e Ruben Rua e os atletas João Ribeiro, João Benta ou Ricardo Diniz, e a estabelecer parcerias com blogues para fomentar o crescimento no online. E, para a empresa continuar a crescer e a manter-se na vanguarda da inovação, está a investir três milhões de euros.

Quatro máquinas de costura numa garagem marcam o arranque do grupo, em 1973. Hoje, é um pequeno império têxtil, com 12 empresas, quatro industriais, uma das quais em Cabo Verde, sete comerciais em Portugal, Espanha, França, Alemanha, Áustria, Reino Unido e Estados Unidos, e a Impetus Retail, responsável pela gestão do e-commerce – que dá emprego a cerca de 860 trabalhadores, fatura 53 milhões de euros e tem os seus artigos à venda em mais de 15 mil pontos de venda em todo o mundo. Mas que não abdica do seu cunho familiar, com Emília e Alberto, os fundadores, a acompanharem tudo de perto, mesmo que a gestão diária já esteja, em parte, entregue aos filhos, Ricardo e Fernando Figueiredo.

O conhecimento técnico, a aposta, constante, na qualidade, nos detalhes e no estabelecimento de “relações de confiança e de transparência” têm sido os grandes pilares de desenvolvimento da Impetus no mundo. A par da inovação. O grupo conta já com vários produtos patenteados e linhas específicas para desporto, com tecnologia que regula a humidade e transpiração, além das gamas Innovation (linha que armazena o calor corporal excessivo e volta a distribuí-lo em caso de necessidade, uma tecnologia desenvolvida pela NASA para os astronautas), Thermo (para proteger do frio, no inverno) e ProtectDry (roupa interior para incontinentes, lavável e reutilizável, e com tecnologia que elimina odores). Este último é um produto que está a ser vendido, em força, na grande distribuição, com destaque para Portugal, Espanha, Suíça, Alemanha, EUA e Suécia e com entrada, em breve, na Rússia e na África do Sul. Em desenvolvimento estão já outros quatro produtos, três na área da saúde e um na área do desporto. O Citeve e a Universidade do Minho são parceiros de excelência em I&D. Recentemente, chegou ao mercado a linha de roupa interior com certificado orgânico, que garante um fabrico socialmente sustentável e sem uso de químicos.

E, para continuar a crescer, o grupo tem previstos investimentos de três milhões de euros até ao fim de 2018. O objetivo é o aumento da capacidade produtiva por via da aquisição de novos equipamentos, alguns dos quais completamente inovadores no país: “Já estão encomendados para fazermos os testes e começarmos a produzir as amostras”, diz Ricardo Figueiredo. A consolidação de mercados é a grande prioridade da Impetus, que exporta 98% do que produz, com especial destaque para mercados como Espanha, França, México, Japão, Estados Unidos, Alemanha, Suíça e Noruega, estes últimos em regime de subcontratação para outras marcas, o chamado private label, caso da Calvin Klein ou da Tommy Hilfiger, entre muitos outros. A marca própria vale 25%.

“É um caminho que estamos a trilhar. Mas o private label, mesmo incerto, é o que nos tem mantido até aos dias de hoje. A verdade é que são relações de confiança que se mantêm há muitos anos. Temos um cliente na Suíça há 33 anos, e, neste tempo, já mudou tudo: a equipa, o CEO, mas que continua a encarar a empresa como um parceiro de longa data. Felizmente, temos muitos assim”, diz Ricardo Figueiredo. A responsabilidade social é dos valores mais importantes no seio da Impetus, que, sempre que os resultados ultrapassam as expectativas, oferece um 15.º mês aos trabalhadores, além de muitos outros benefícios, como bolsas de mérito aos filhos dos trabalhadores ou ginástica laboral na empresa duas vezes por semana. “A Impetus não vive para os resultados per si. Temos aqui famílias inteiras a trabalhar e sentimos essa responsabilidade”, diz Fernando Figueiredo. Duas das funcionárias que ajudaram a arrancar a empresa ainda hoje ali trabalham.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
uber-tesla-disruptive-technology-0bc8da5cd017620ee9172d45b52eb29b058ab4c3

Uber escolhe Lisboa para instalar centro de excelência Europeu

Fotografia: Leonardo Negrão/Global Imagens

Trabalhadores destacados vão ganhar o salário do país de acolhimento

Comissão investiga práticas fiscais a Bélgica

Os sete países mais endividados da Zona Euro

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Impetus. O ‘underwear’ de Casillas está a investir 3 milhões