Impresa interrompe emissão de obrigações devido a alterações no mercado

A Impresa decidiu "interromper o processo de emissão de obrigações", devido a "alterações recentes" nos media

A Impresa decidiu "interromper o processo de emissão de obrigações", devido a "alterações recentes" nos media, com o presidente executivo a afirmar que o grupo vai acompanhar "com atenção e dinamismo a evolução do mercado".

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a dona da SIC e do jornal Expresso refere que tomou a decisão de interromper o processo de emissão de obrigações a subscrever por investidores qualificados, anunciado a 03 de julho, atendendo às alterações recentes no setor dos media e ao impacto resultante no sentimento da comunidade de investidores".

"Continuaremos a acompanhar com atenção e dinamismo a evolução do mercado, de modo a detetar a antecipar o surgimento de condições que favoreçam a estratégia da Impresa", afirmou o presidente executivo da Impresa, Francisco Pedro Balsemão.

Em 03 de julho, a Impresa anunciou o lançamento de uma oferta de subscrição de obrigações, a cinco anos, dirigida a investidores qualificados e cujo valor poderia chegar aos 35 milhões de euros.

Em 14 de julho, a Altice anunciou que tinha chegado a acordo com a espanhola Prisa para a compra da Media Capital, dona da TVI, numa operação avaliada em 440 milhões de euros.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de