Inditex, H&M e C&A unem-se para evitar nova tragédia no Bangladesh

ng3094835

A Inditex e a H&M, os dois maiores fabricantes de roupa do mundo, juntaram-se à C&A e demonstraram o seu apoio à IndustriaAll Global Union, organização sindical presente em 140 países que representa 50 milhões de trabalhadores de vários setores, ao celebrar um acordo que garante a segurança das empresas têxteis no Bangladesh. O objetivo é evitar que se repita a tragédia do mês passado quando desabou um edifício comercial que albergava várias fábricas têxteis, causando a morte a 1127 pessoas.

Trata-se de um acordo sobre incêndios e segurança das construções no Bangladesh, esperando-se agora que a Inditex, a H&M e a C&A se unam para rubricar um acordo com os sindicatos. “O objetivo é estabelecer um compromisso de pagar às empresas as renovações e reparações necessárias para tornar seguros os locais de trabalho “,afirma a IndustriaAll Global Union.

O secretário-geral daquela organização sindical mundial, Jyrki Raina, sublinhou o facto de este acordo mostrar o caminho certo a seguir por todas as outras empresas têxteis, para além da Inditex, H&M e C&A. Helena Helmersson, representante da sueca H&M destacou que a “segurança contra incêndios e a qualidade da construção são questões muito importantes” para a empresa, devido à forte presença que tem no Bangladesh.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa,  29/09/2020 - Ursula Von der Leyen, Presidente da Comissão Europeia.
(Paulo Alexandrino/Global Imagens)

Ursula von der Leyen. “Portugal é único e tem agora oportunidades maravilhosas”

Portugal's Prime Minister Antonio Costa speaks during presentation of the European and Portuguese Recovery and Resilience Plans, at Champalimaud Foundation, in Lisbon, Portugal, 29 September 2020. Ursula Von Der Leyen is in Lisbon for a two-day official visit. MÁRIO CRUZ/LUSA

Portugal recorrerá só a subvenções. Empréstimos só quando situação melhorar

ANTONIO COTRIM/ LUSA

Von der Leyen: Instrumento “SURE é um escudo para os trabalhadores e empresas”

Inditex, H&M e C&A unem-se para evitar nova tragédia no Bangladesh