retalho

Inditex investe 1700 milhões na logística

zara

O objetivo do grupo galego é ter todas as suas marcas disponíveis online até 2020

A Inditex está a investir 1700 milhões de euros no reforço da sua capacidade logística, como forma de dar resposta ao crescimento das vendas online. Em causa está a construção de novos hubs e centros logísticos em várias cidades espanholas, mas, também, na Holanda.

A notícia é hoje avançada pelo jornal espanhol El Economista, que dá conta que a Inditex conta, atualmente com dez centros logísticos em operação em Espanha e que dão resposta às necessidades das diferentes marcas, servindo as 7.500 lojas que o grupo tem em todo o mundo com entregas de produtos duas vezes por semana. O principal situa-se em Arteixo, na Corunha, onde está a sede central do grupo. Há mais um em Narón, a que se juntam três na província de Barcelona, um em Guadalajara, um em Alicante, outro em Madrid, em Saragoça e em Leão, sendo que este último está a sofrer obras de ampliação.

Além do novo hub que a empresa acaba de concluir em Laracha, na Corunha – numa área total de 120 mil metros quadrados e com um investimento de 57 milhões de euros – há, ainda, a intenção de instalar na zona de Valência, em Parc Sagunt, mesmo ao lado do terreno onde a Mercadona está a construir o seu maior centro logístico, um armazém para a Tempe, a sua subsidiária de calçado. Empresa que tem, também, em curso a construção de um armazém de 34 mil metros quadrados em Alicante.

E na Holanda, em Lelystad, está a ser construída a dita conexão logística para servir de complemento aos centros espanhóis. Tem a grande vantagem de estar próximo ao aeroporto de Schipol, em Amesterdão, a maior infraestrutura de carga aérea da Europa, e a Inditex, pretende, assim, acelerar a entrega das suas mercadorias na Europa Central e na Ásia.

O grupo galego garante que os investimentos não se destinam, apenas, a aumentar a capacidade logística, mas, também, a incorporar as inovações mais recentes no domínio da digitalização. Muito do software é desenvolvido internamente. O objetivo, claro, é “aumentar a eficiência na gestão dos tempos de envio e duplicar a velocidade de transporte, armazenamento e recolha da mercadoria”.

Recorde-se que a Inditex tem lojas em 96 países, mas chega já a 202 mercados através da plataforma de vendas online da Zara. O objetivo é que, em 2020, “todas as marcas do grupo estejam disponíveis para compra através da internet”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Poupança das famílias subiu no 2º trimestre

Deco pede medidas urgentes para travar crédito ao consumo

Elisa Ferreira, António Costa. Fotografia: Álvaro Isidoro/Global Imagens

Elisa Ferreira. Minas de lítio têm de “compensar impacto ambiental”

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira (E), e a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D). Fotografia: ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo deixa cair referencial geral para aumento de salários

Inditex investe 1700 milhões na logística