Indústria 4.0

Indústria 4.0. Hub digital integra PME com apoio de 600 mil euros

Fotografia: Gerardo Santos / Global Imagens
Fotografia: Gerardo Santos / Global Imagens

Automóvel, novos materiais, matérias-primas e comércio digital serão as áreas de intervenção de projeto liderado pelo ISQ.

As pequenas e médias empresas vão contar com apoio de cerca de 600 mil euros para aderirem à Indústria 4.0. Isto será possível graças ao “hub digital”, iniciativa promovida pelo ISQ – Instituto de Soldadura e Qualidade, em parceria com a Porto Design Factory e o TICE – Pólo das Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica. Esta iniciativa conta com o financiamento, em parte, do programa Portugal 2020.

Temos como objetivo estratégico capacitar, dotar de informação e incrementar as competências empresariais das PME para a adoção de medidas, tecnologias e ferramentas no âmbito da Industria 4.0, incentivando a aceleração da economia portuguesa para uma economia digital e procurando estabelecer as condições de base para a realização de projetos de ambição acrescida nas fileiras do automóvel, dos novos materiais e do comércio digital”, destaca Pedro Matias, presidente do ISQ, em declarações ao Dinheiro Vivo.

O ISQ, a partir deste trabalho, pretende fazer um diagnóstico da Indústria 4.0 na área automóvel, novos materiais, matérias-primas e comércio digital, assim como medir o grau de utilização de ferramentas, metodologias ou tecnologias relacionadas com a digitalização da economia.

Depois desta etapa, será criada a plataforma “hub acelerador digital”, que vai reunir as “boas práticas e projetos de investigação e desenvolvimento, que facilite o apoio às PME a fim de agilizar a interação entre as empresas e o sistema científico e tecnológico, tendo em vista a troca de experiências e conhecimento e a promoção de práticas de cooperação e coopetição”.

Ao projeto do “hub digital” para as PME, juntam-se ainda parceiros como a IDC – International Data Corporation, Mobinov – Associação do Cluster Automóvel, Associação Plataforma para a Construção Sustentável, a ACPMR-Associação Cluster Portugal Mineral Resources, Brigantia EcoPark, AEBB – Associação Empresarial da Beira Baixa e NERSANT- Associação Empresarial da Região de Santarém, bem como dos parques de Ciência e Tecnologia Sanjotec no Norte, Tagus Valley no Centro e PCTA no Alentejo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Casas em leilão

Selo sobre venda de casas deu num ano mais 50 milhões de euros ao Estado

Former U.N. chief Kofi Annan addresses an advisory commission in Sittwe, Myanmar, September 6, 2016. REUTERS/Wa Lone

Kofi Annan: O diplomata premiado pela defesa da paz

Carlos Saturnino, Sonangol.

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Sonangol vai manter posições na Galp e no BCP

Outros conteúdos GMG
Indústria 4.0. Hub digital integra PME com apoio de 600 mil euros