Luanda Leaks

Isabel dos Santos ameaça agir contra notícias “difamatórias e inexatas”

Foto: Pedro Granadeiro/Global Imagens
Foto: Pedro Granadeiro/Global Imagens

Empresária diz que tem advogados a trabalhar em possíveis queixas.

Isabel dos Santos, investigada por suspeitas de corrupção pela justiça angolana, ameaça agir contra os responsáveis por notícias e alegações “difamatórias e inexatas” na sequência das revelações do caso Luanda Leaks divulgadas originalmente por mais de três dezenas de órgãos de comunicação de todo o mundo, incluindo Expresso e Sic em Portugal.

Na rede social Twitter, a empresária voltou a reagir às publicações dos últimos dias, cujas repercussões nas empresas portugueses passaram já pela saída de administradores associados a Isabel dos Santos e pelo anúncio de intenção de venda de participações.

“Envolvi advogados para que ajam contra notícias e alegações difamatórias e inexatas”, escreveu na sua conta pessoal, onde procura novamente afastar as suspeitas de desvio de fundos da petrolífera estatal Sonangol para empresas que alegadamente estarão sob a esfera da empresária.

 

“As alegações feitas contra mim nos últimos dias são extremamente falsas e enganadoras”, acusa. “Este é um ataque político muito bem coordenado, orquestrado e concertado”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa-19/12/2019  - Conferencia de Antonio Mexia ,CEO da EDP. 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Chinesa CTG vende 1,8% da EDP

(A-gosto.com/Global Imagens).

PSD indisponível para viabilizar alteração à lei para aeroporto do Montijo

O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Novo Banco: Estado como acionista só dilui posição do Fundo de Resolução

Isabel dos Santos ameaça agir contra notícias “difamatórias e inexatas”