Isabel dos Santos reforça na Zon e já controla 17,84% do capital

Isabel dos Santos já tem 17,84% da Zon
Isabel dos Santos já tem 17,84% da Zon

Mais um reforço e mais 2,82% do capital. Ontem, Isabel dos Santos
subiu para 17,84% a sua participação na Zon, depois de ter comprado
a participação da Cinveste, detida pelo coronel Luís Silva.
Segundo apurou o Dinheiro Vivo, a empresária espera controlar entre
20% e 25% do capital, continuando a negociar, em paralelo, a compra
dos 10,88% detidos pela Caixa Geral de Depósitos.

Isabel dos Santos: Os alvos, os aliados
e a estratégia para Portugal e Angola. Leia aqui

A primeira proposta à Caixa apareceu em setembro mas não teve
resposta do banco público. Mais recentemente, Isabel dos Santos
apresentou uma nova proposta à CGD, comprando ao mesmo tempo blocos
a outros acionistas. Se chegar aos 25% e ainda somar a percentagem da
Caixa, Isabel dos Santos estará no limiar para o lançamento de uma
OPA obrigatória (33,33%). Segundo apurou o DN/Dinheiro Vivo, a
empresária continua compradora e pode reforçar nos próximos dias.
O preço oferecido à Cinveste de LuísSilva (ex-proprietário da
Lusomundo e do Diário de Notícias) está entre o valor pago à
Telefónica (2,34 euros) e a cotação de hoje, com a Zon a fechar
nos 2,08 euros por ação. Este intervalo de valores será também
referência para futuras aquisições.

Fonte oficial de Isabel dos Santos garantiu que a empresária está
empenhada em ter “uma voz ativa e dinâmica” no futuro da
empresa, reforçando o projeto de internacionalização da ZON,
sobretudo em África e na Venezuela. Em apenas dois meses, a
empresária passou de 10% para os atuais 17,84%, através da Jadeium,
um dos seus dois veículos na dona da TVCabo.

A 18 de maio, comprou mais 315 mil ações da Zon, equivalentes a
0,102% do capital. Quinze dias antes, a Jadeium já tinha comprado os
5% detidos pela Telefónica na operadora, aquisição que implicou um
investimento de cerca 36 milhões de euros. A empresária está na
Zon através de Kento Holding (10%) e Jadeium (7,84%).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(DR)

Crédito ao consumo dispara 15% em outubro

(Paulo Spranger/Global Imagem)

Indemnizações pagas pelo Fundo de Garantia Salarial não escapam ao IRS

CP tem de entregar contrato de serviço público com o Estado até 31 de dezembro. (Leonardo Negrão / Global Imagens)

CP: Adiamento de manutenção de comboios regionais vale demissão

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Isabel dos Santos reforça na Zon e já controla 17,84% do capital