ISV e "selo do carro" sobem cerca de 1% em 2022

Impostos sobre compra e utilização de automóveis sobem na mesma proporção da taxa de inflação prevista para 2022, ou seja, mais 0,9%..

Comprar e utilizar carro vai ficar mais caro em 2022. O Orçamento do Estado (OE2022) para o próximo ano antecipa um aumento do imposto sobre veículos (ISV) e no imposto único de circulação (IUC), refere a proposta entregue na noite de segunda-feira na Assembleia da República.

Os dois impostos serão aumentados na mesma proporção da taxa de inflação prevista para 2022, de mais 0,9%.

No caso do ISV, pago na aquisição do veículo, o Governo conta arrecadar 481 milhões de euros em 2022, mais 9% (22 milhões de euros) em comparação com 2021.

No caso do IUC, conhecido como o antigo "selo do carro", o aumento de receitas previsto é de 13 milhões de euros (mais 3%) em comparação com 2021, no valor de 409,9 milhões de euros.

Em 2021, o Governo não mexeu nas tabelas de ISV e de IUC em ambas as componentes: cilindrada e ambiental.

No ISV, não existem quaisquer alterações no número de escalões e mantêm-se as tabelas da componente ambiental conforme a norma de emissões seja NEDC (mais antiga) ou a WLTP (mais recente e baseada nos testes de homologação mais recentes).

No IUC, caiu a isenção do pagamento do imposto para os veículos entre 1981 e 1989 com cilindrada até 1000 centímetros cúbicos a gasolina ou até 1500 centímetros cúbicos a gasóleo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de