Jeff Bezos é o homem mais rico dos EUA pelo terceiro ano consecutivo

A Forbes divulgou a lista das 400 pessoas mais ricas dos Estados Unidos. A pandemia fez mexer alguns lugares na lista.

A Forbes divulgou a lista das 400 pessoas mais ricas dos Estados Unidos. Em tempos de pandemia, há quem tenha perdido terreno no ranking, mas também há quem tenha saído beneficiado - como o criador da plataforma de videoconferência Zoom, que entra pela primeira vez na lista dos mais ricos.

Apesar da crise que surgiu com o coronavírus, os 400 mais ricos dos Estados Unidos têm uma fortuna combinada de 3,2 biliões de dólares (triliões, no sistema americano). Trata-se de um valor recorde, nota a Forbes, que pelas contas estima que esta cifra tenha subido 240 mil milhões de dólares em relação ao valor do ano passado (mais de 203 mil milhões de euros).

Jeff Bezos, o criador da gigante de e-commerce Amazon, continua a ser o homem mais rico dos Estados Unidos. Com uma fortuna avaliada em 179 mil milhões de dólares (mais de 151 mil milhões de euros), o patrão da Amazon encabeça a lista da Forbes pelo terceiro ano consecutivo. Face a 2019, a Forbes estima que a fortuna de Bezos tenha subido 65 mil milhões de dólares no espaço de um ano. Durante a pandemia, as compras na Amazon subiram em flecha, alavancando a fortuna pessoal do líder da gigante de comércio eletrónico.

Bezos partilha o pódio com outros dois nomes da tecnologia: Bill Gates e Mark Zuckerberg. O fundador da Microsoft ocupa o segundo lugar da lista, com uma fortuna avaliada em 111 mil milhões de dólares. A riqueza de Bill Gates tem vindo a crescer desde 2016: em relação ao ano passado, Gates terá encaixado mais cinco mil milhões de dólares.

No terceiro lugar surge Mark Zuckerberg, o fundador e CEO do Facebook, com uma fortuna avaliada em 85 mil milhões de dólares. Aos 36 anos, Zuckerberg é mesmo o multimilionário mais novo entre os 30 mais ricos dos Estados Unidos. Após uma acentuada quebra em 2018, a fortuna do CEO do Facebook continua a aumentar ao longo dos últimos dois anos. Em relação ao ano passado, Zuckerberg está 15 mil milhões de dólares mais rico.

O quarto lugar pertence ao magnata Warren Buffet, com uma fortuna avaliada em 73,5 mil milhões de dólares. O investidor de 90 anos e dono da Berkshire Hathaway viu a fortuna reduzir-se em 2020, com menos 7,3 mil milhões de dólares.

O co-fundador da Oracle, Larry Ellison, ocupa o quinto lugar da lista, com uma fortuna estimada de 72 mil milhões de dólares, um aumento de 7 mil milhões face á fortuna do ano passado.

Ainda na tecnologia, Steve Ballmer, antigo diretor da Microsoft, surge no sexto lugar, com uma fortuna avaliada em 69 mil milhões de dólares. Após passar 14 anos na liderança da tecnológica de Redmond, a fortuna de Ballmer tem crescido ao longo dos últimos anos. Em relação a 2019, está 17 mil milhões de dólares mais rico.

Elon Musk, criador da Tesla e da SpaceX, também sobe no ranking da Forbes. Com uma fortuna de 68 mil milhões de dólares, Musk assegura uma das maiores subidas de riqueza entre os primeiros lugares da lista. Face a 2019, o criador da Tesla ganhou mais de 48 mil milhões de dólares num ano.

Larry Page e Sergey Brin, criadores da Google, surgem na oitava e nova posição, respetivamente. Embora tenham abandonado os cargos na Alphabet, a empresa-mãe da Google, no ano passado, Page e Brin continuam no clube dos mais ricos e subir posições no ranking. Larry Page tem a fortuna avaliada em 67,5 mil milhões de dólares e Sergey Brin em 65,7 mil milhões.

A completar a lista dos dez primeiros surge a primeira mulher, Alice Walton, a única filha do fundador da gigante Walmart. Walton tem a fortuna avaliada em 62,3 mil milhões de dólares, uma subida face aos 51 mil milhões registados no ano passado.

A lista de 2020 conta com pelo menos 18 novos nomes entre os mais ricos. Uma das novidades é Eric Yuan, o CEO da plataforma de videoconferência Zoom, que devido à pandemia viu os números de utilizadores crescer exponencialmente - assim como o escrutínio à segurança da plataforma.

Aos 50 anos, o criador do Zoom regista uma fortuna avaliada em 11 mil milhões de dólares.

Trump cai 64 lugares no ranking

No espaço de um ano, Donald Trump passou do 275.º lugar para a 339.ª posição na lista dos mais ricos dos Estados Unidos. A Forbes estima que o presidente dos Estados Unidos tenha uma fortuna de 2,5 mil milhões de dólares.

No ano passado, a revista estimava que Trump teria uma fortuna a rondar os 3,1 mil milhões de dólares. A queda deste ano estará ligada às consequências do coronavírus. Sendo dono de edifícios de escritórios, hotéis e resorts, que enfrentaram quebras de procura ou estiveram encerrados durante o confinamento, a pandemia teve impacto na fortuna de Trump.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de