Jovem empresa de engenharia e telecomunicações exporta 25% dos seus produtos

No primeiro semestre de 2011, a Wavecom, empresa portuguesa de engenharia de telecomunicações, facturou 1.579.026 euros, registando uma taxa de crescimento de 67% em relação ao exercício anterior.

A Wavecom nasceu no ano 2000 em Aveiro, resultado do empreendedorismo de quatro jovens licenciados em Engenharia Electrónica e Telecomunicações. É a única empresa portuguesa distinguida duas vezes com o prémio Deloitte Technology Fast 500 EMEA (2009 e 2010), uma distinção para as 500 empresas da Europa, Médio Oriente e África que mais cresceram no sector das Tecnologias de Informação Comunicação e Electrónica (TICE). Neste momento são já 27 os colaboradores, na sua maioria engenheiros.

Actualmente a Wavecom está a apostar nos mercados brasileiro e espanhol, o primeiro pela dimensão e o segundo pela proximidade e pela procura detectada. A aposta internacional representa já 25% do volume de negócios, e os responsáveis pela firma esperam que este valor cresça nos próximos anos.

“O crescimento sustentado é fruto do sólido know-how, competência e versatilidade no desenho e implementação de sistemas e aplicações “chave-na-mão” integradas e adaptadas às necessidades de cada cliente”, adiantam os responsáveis pela empresa.

Entre os clientes Wavecom encontram-se a Galp, a Brisa, a Metro do Porto, a Iberwind e o Grupo Auchan.

O seu core business consiste no desenvolvimento e integração de soluções de telecomunicações, com especialização na tecnologia rádio e, mais recentemente, nas tecnologias de unificação de comunicações. “Com mais de 500 ligações wireless instaladas em Portugal é a empresa líder de mercado no planeamento e instalação de ligações wireless em banda não licenciada”.

De todos os projectos implementados até ao momento, destacam o maior Projecto VoIP da Europa baseado em tecnologias OpenSource. Este teve como objectivo, interligar todas as instituições do Ensino Superior Público Nacional pertencentes à RCTS – Rede de Ciência Tecnologia e Sociedade – através de telefonia sobre protocolos Internet (VoIP). Com esta plataforma foi possível reduzir os custos das instituições de ensino superior público associados a comunicações de 4 para 3,3 milhões de euros entre o primeiro semestre de 2009 e o primeiro semestre de 2010, estimando-se uma redução, no final do ano, de 1,7 milhões de euros, cobrindo assim a totalidade do investimento.

Esta plataforma desenvolvida pela Wavecom sob a marca FineSource foi ainda distinguida com o prémio de melhor Caso de Estudo na última edição da VoIP2Day / SIMO em Madrid – a maior feira tecnológica do sul da Europa – como o maior caso de sucesso de VoIP implementado em tecnologia Open Source no mercado europeu.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
GSFJ2392

“A sustentabilidade dos media depende de todos nós”

Alexandre Fonseca - CEO da Altice Portugal

Fotografia: Gerardo Santos

Alexandre Fonseca sobre 5G: “Portugal hoje posiciona-se na cauda da Europa”

Sebastião Lancastre, Easypay

Easypay. “Para sermos relevantes para os clientes temos de ouvi-los”

Outros conteúdos GMG
Jovem empresa de engenharia e telecomunicações exporta 25% dos seus produtos