Consumo

Kit Kat. Depois do ruby, Portugal vai fazer uma pausa com Green Tea Matcha

Matcha_kit_kat

Em finais de abril chega a Portugal uma das 350 variedades de Kit Kat no Japão. Portugal é um dos oito primeiros mercados europeus a receber o produto

Quinze anos depois de ter lançado o produto no mercado japonês, a Nestlé prepara-se para lançar na Europa o Kit Kat Green Tea Matcha. A Portugal chega ao mercado no final de abril, depois do lançamento o ano passado do Kit Kat Ruby.

“O lançamento do KitKat Ruby e do KitKat Green Tea Matcha é mais uma evidência do nosso compromisso para com a nossa marca de chocolates líder internacional. Temos vindo a juntar sabores inovadores e produtos premium sob a marca KitKat nos últimos anos e ainda há muito mais a chegar”, diz afirmou Alexander Von Maillot, global head of confectionary na Nestlé, citado em nota de imprensa.

Kit_Kat_2

O chocolate feito com pó de chá verde matcha, com manteiga de cacau e chocolate branco vai ser produzido pela fábrica da Nestlé em Hamburgo e terá lançamento inicial em oito países europeus, como Alemanha, Reino Unido, Itália, Suíça e incluindo Portugal.

Criado há mais de uma década no Japão, a variedade do Kit Kat é uma das mais populares nas 350 variedades de Kit Kat à venda no Japão, um dos maiores mercados asiático de consumo de chocolate – avaliado em 5 mil milhões de dólares, segundo dados da Euromonitor International, citados pela Bloomberg. O Kit Kat está entre os produtos mais populares.

Globalmente, o Kit Kat representou mais de mil milhões de francos suíços, dos 8,123 mil milhões de francos de vendas geradas pelo negócio de chocolates da Nestlé o ano passado, precisou o responsável da Nestlé em conversa com os jornalistas. Um crescimento orgânico de cerca de 9%, acima dos 3% de crescimento da área, excluindo a operação da companhia nos Estados Unidos, vendida por 2,8 mil milhões de dólares à Ferrero

A Nestlé fechou o ano passado com vendas de 91,439 mil milhões de francos suíços.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal  Fotografia: Orlando Almeida / Global Imagens

Mário Vaz. “Havendo frequências, em julho teríamos cidades 5G”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (C), durante a cerimónia militar do Instituto Pupilos do Exército (IPE), inserido nas comemorações do 108.º aniversário da instituição, em Lisboa, 23 de maio de 2019.  ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Marcelo: “Quem não for votar, depois não venha dizer que se arrepende”

Certificados

Famílias investiram uma média de 3,3 milhões por dia em certificados este ano

Outros conteúdos GMG
Kit Kat. Depois do ruby, Portugal vai fazer uma pausa com Green Tea Matcha