Landing.Jobs retoma conferência, com mais de 1000 vagas tech

Plataforma de recrutamento para tecnológicas quer ajudar a criar 20 mil empregos na área em Portugal nos próximos três anos.

Está de volta a conferência da Landing.Jobs. Nos dias 15 e 16 de outubro, a plataforma de recrutamento para tecnológicas voltará a realizar o evento para os profissionais da área em Portugal. No Centro de Congressos de Lisboa, marcarão presença mais de 30 empresas, com mais de 1000 oportunidades de emprego.

Durante o evento FutureWorks Tech Conference, os participantes terão acesso a palestras, workshops, aconselhamento especializado e sessões sobre trabalho remoto, entrevistas de emprego, negociação de salários e competências pós-pandemia, refere o comunicado de imprensa divulgado esta quarta-feira.

Inteligência artificial, cibersegurança, blockchain, ethical hacking, jogos virtuais, gestão de produto e experiência do utilizador (UX) serão os principais tópicos abordados.

Entre os mais de 60 oradores já confirmados, a organização destaca a presença de o John Romero, criador dos jogos de sucesso Doom e Quake, Philip Zimmermann, criador do protocolo PGP; Ekaterina Sirazitdinova, cientista de dados na NVIDIA; Maxim Salnikov, Developer Engagement Lead na Microsoft, Bear Douglas, Director of Developer Relations no Slack, e Nir Chervoni, responsável de segurança de dados na Booking.

Para o responsável de marketing da tecnológica, Pedro Moura, o evento "representa a visão da Landing.Jobs para os profissionais de tecnologia: a carreira não é só emprego e salário; é desafio, é tecnologia, é diversão, é networking, é sentido. O mundo mudou, e esta celebração da comunidade tech acontece sob esse signo: fazer o matchmaking do presente com o futuro, para cada um".

Apesar do desconfinamento, haverá três tipos de bilhetes para aceder à conferência deste ano: 25 euros para participação virtual, 50 euros para o bilhete básico e 100 euros para o ingresso de topo. Os estudantes poderão entrar gratuitamente através das universidades e associações de estudantes.

A Landing.Jobs compromete-se a criar 20 mil empregos para as empresas tecnológicas nos próximos três anos em Portugal para empresas nacionais e internacionais interessadas em abrir cá uma representação.

Segundo a empresa, "este aumento de empregos tecnológicos representaria, entre salários e valor acrescentado, um aumento estimado de 1% a 3% no PIB nacional".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de