Automóvel

Líder da Volkswagen acumula presidência da marca e do grupo

Herbert Diess, presidente do grupo Volkswagen, durante a apresentação do modelo de 2018 do modelo Polo. 
Fotografia: REUTERS/Stefanie Loos/File Photo
Herbert Diess, presidente do grupo Volkswagen, durante a apresentação do modelo de 2018 do modelo Polo. Fotografia: REUTERS/Stefanie Loos/File Photo

Grupo automóvel alemão prepara-se para a maior mudança administrativa desde a fraude das emissões de 11 milhões de carros a gasóleo

A Volkswagen prepara-se para a maior mudança administrativa desde a fraude das emissões de 11 milhões de carros a gasóleo. Além da acumulação de cargos na presidência, o grupo alemão está a avaliar a dispersão em bolsa do segmento dos camiões e autocarros e o reforço da independência entre as marcas de carros ligeiros. As decisões serão tomadas na reunião de quinta-feira do conselho de supervisão.

Na presidência, Herbert Diess vai acumular a liderança do conselho de administração do grupo Volkswagen com a direção da marca-mãe do gigante automóvel alemão, adianta esta quinta-feira a Bloomberg. Herbert Diess tornou-se um rosto mais conhecido dos portugueses em setembro de 2017. Acabou com as especulações sobre um eventual desvio da produção do SUV T-Roc da Autoeuropa.

Esta mudança implica a saída de Matthias Müller, que estava aos comandos do grupo Volkswagen desde o final de 2015.

O gigante alemão, ao mesmo tempo, está a avaliar a dispersão em bolsa de parte do capital da divisão de camiões e autocarros no primeiro trimestre de 2019. Esta operação deverá alargar as fontes de financiamento desta unidade.

A Volkswagen, por último, quer implementar algumas mudanças entre as marcas da área de carros ligeiros. O grupo alemão pretende encontrar um equilíbrio entre a criação de laços mais estreitos entre as insígnias de mercado mais generalistas, como a Skoda e Seat, para reduzir custos, e a tomada de decisões mais rápidas.

Serão criadas, por isso, três divisões: a unidade de carros de grande volume será liderada pela Volkswagen e também irá contar com a Skoda e a Seat; a unidade de carros premium, liderada pela Audi e que irá contar com a Bentley; e a unidade de super carros desportivos e automóveis de luxo, liderada pela Porsche e que inclui a Lamborghini.

O novo conselho de administração irá contar ainda com um representante dos trabalhadores, o secretário-geral do conselho de trabalhadores, Gunnar Kilian, de acordo com o Financial Times.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa. Foto: Rodrigo Antunes/EPA

Costa agradece às forças armadas e defende o seu uso com analogia futebolística

O primeiro-ministro, António Costa. Foto: Rodrigo Antunes/EPA

Costa agradece às forças armadas e defende o seu uso com analogia futebolística

Francisco São Bento, presidente do SNMMP. Foto: Sara Matos/Global Imagens

Cinco momentos chave numa greve de sete dias

Outros conteúdos GMG
Líder da Volkswagen acumula presidência da marca e do grupo