Lidl aposta no verde. Fornecimento das lojas é 100% de energia renovável

Mais de 250 supermercados em todo o país, bem como os entrepostos comerciais e sede são agora fornecidos por energia verde.

O fornecimento de energia à rede de lojas, entrepostos e sede do Lidl Portugal passou a ser feito a 100% por energia renovável, resultando na obtenção do certificado de garantia de origem Energia Verde - Classe A, referente a 2019, atestado pela AENOR, entidade internacional com competências para a certificação de qualidade.

"Este certificado é o corolário do empenho do Lidl em manter uma forte política de responsabilidade social e ambiental”, diz Carina Fiche, diretora do Departamento de Facility Management do Lidl Portugal, citada em nota de imprensa. “Para 2020 o recurso a fontes de energia 100% renováveis está garantido” e reitera “o compromisso do Lidl na melhoria contínua do sistema de gestão de energia implementado, bem como na procura de soluções inovadoras que possibilitem exponenciar o desempenho energético, uma vez que só desta forma conseguimos garantir um desenvolvimento sustentável”.

O fornecimento de energia de todos os seus edifícios (sede da empresa, quatro entrepostos e 256 lojas), efetuado pelo parceiro comercial AXPO, é assim feito com recurso a fontes de energia 100% renováveis e verdes: maioritariamente energia eólica (77%), seguida da energia hidráulica (14%), biomassa (7%) e por outras fontes renováveis tais como energia solar (2%.).

Em Portugal já outras cadeias de retalho têm vindo a apostar na instalação de sistemas de produção de energia verde. É o caso do Ikea (que tem parques eólicos que permitem que a cadeia seja auto-suficiente a nível ibérico), mas também outras cadeias como o grupo Jerónimo Martins. Desde junho de 2018 que o grupo dono do Pingo Doce e do Recheio passou a comprar energia 100% renovável.

O grupo Mosqueteiros está igualmente a investir na instalação de painéis solares para autoconsumo, tendo neste momento já 50 supermercados Intermarché com estes equipamentos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de