Lidl assume custo da nova taxa de carregamento elétrico nos pontos da cadeia

Tarifa de 16,57 cêntimos foi imposta desde maio pela Entidade Gestora da Rede de Mobilidade Elétrica (EGME) aos operadores de pontos de carregamento.

O Lidl assumiu o custo da nova tarifa da imposta, desde o início do mês, pela Entidade Gestora da Rede de Mobilidade Elétrica (EGME), garantindo que o custo da tarifa de 16,57 cêntimos aplicada aos operadores de ponto de carregamento, não é passada aos clientes. A cadeia tem mais de 50 postos de carregamento elétrico nas lojas, de norte a sul do país.

"O Lidl irá manter o preço final de operação em 0,08 euros por minuto, sem qualquer taxa de ativação adicional, um custo inferior face ao preço de mercado. Estas tarifas representariam 6% do preço final da Componente de Operação (OPC) cobrada aos clientes Lidl, assumindo um carregamento médio de 30 minutos", sem qualquer taxa de ativação adicional, informa a cadeia.

"Estas tarifas representariam 6% do preço final da Componente de Operação (OPC) cobrada aos clientes Lidl, assumindo um carregamento médio de 30 minutos", destaca.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de