aviação

Liga das Nações estica horários de voo na Portela e Sá Carneiro

Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto. (Fotografia: Ivo Pereira/ Global Imagens)
Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto. (Fotografia: Ivo Pereira/ Global Imagens)

Final da Liga das Nações está marcada para 9 de junho. Ruído nocturno será maior entre os dias 4 e 10 para acolher adeptos

A Liga das Nações traz uma nova excepção ao período de interrupção de levantamentos e descolagens nocturnos nos aeroportos Humberto Delgado e Sá Carneiro. A última vez que tinha sido aprovada uma excepção a esta regra foi em 2014 para a final da Champions.

O regime expecional, publicado esta terça-feira em Diário da República, arranca às 00h00 dos dia 4 de junho e prolonga-se até às 06h00 do dia 10 de junho para permitir a chegada dos adeptos que vêm a Portugal para a fase final da Ligas das Nações, que acontece nos estádios do Dragão e D. Afonso Henriques.

“Tratando-se de um evento importante relativamente ao qual o Governo Português expressou o seu apoio, com impacto favorável na economia local e em receitas de turismo e cujo sucesso se repercutirá favoravelmente na imagem do País, prevendo-se grande afluência às cidades anteriormente mencionadas, constituindo o transporte aéreo o meio de transporte privilegiado pelos adeptos, importa proceder à derrogação, excecional e temporária, das restrições operacionais”, revela o diploma assinado por Matos Fernandes, ministro do Ambiente, e Alberto Souto Miranda, secretário de Estado adjunto e das comunicações.

O documento justifica ainda a existência de excepção em ambos os aeroportos por “razões de segurança” e para que “se proceda à segregação de adeptos, pelo que a utilização de mais do que um aeroporto é suscetível de facilitar tal tarefa, podendo, assim, distribuir-se os voos consoante a sua proveniência, contribuindo igualmente para aumentar a oferta de voos de regresso, que permitem escoar os adeptos para a sua origem o mais rápido possível, evitando ainda a sua permanência por períodos prolongados junto ao estádio ou mesmo no aeroporto, em situações que, não raras vezes, são propícias à ocorrência de conflitos ou distúrbios que afetam a ordem pública”.

Apesar desta excepção nem todos os voos poderão operar neste horário. A norma derrogatória determina que apenas poderão usufruir do alargamento os voos que tiverem o ok da gestora aeroportuária após um pedido “de faixas horárias relativos aos movimentos aéreos mencionados no número anterior devem incluir a referência ao transporte de passageiros para o evento especial relativo à fase final da Liga das Nações da UEFA 2019”.

As meias-finais disputam-se a 5 e 6 de junho entre Portugal, Suíça, Holanda e Inglaterra. A final da Liga das Nações está marcada para o dia 9 de junho. Portugal garantiu o apuramento em novembro do ano passado, tendo o passe para a final four confirmado também a organização da primeira edição desta prova.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
REUTERS/Pedro Nunes/File Photo

Programa de arrendamento acessível arranca a 1 de julho. Tudo o que deve saber

O presidente do Concelho de Administração do banco BPI, Pablo Forero. TIAGO PETINGA/LUSA

Moody’s baixa rating do BPI para lixo

DHL Express Store2

DHL Express vai investir até 600 mil euros em rede de lojas pelo país

Outros conteúdos GMG
Liga das Nações estica horários de voo na Portela e Sá Carneiro