BCP

Linha do Douro: CP retoma viagens históricas a 30 de junho

CP vai manter viagens históricas
CP vai manter viagens históricas

A CP retoma a 30 de junho as viagens de comboio histórico na linha do Douro, depois de, no ano passado, ter ameaçado com o fim do serviço por falta de parceiros para o financiamento do projeto.

Entre junho a outubro, a velha locomotiva a vapor vai percorrer os 46 quilómetros que separam o Peso da Régua do Tua (concelho de Carrazeda de Ansiães), numa viagem que tem como paisagem predominante o rio Douro, as vinhas que são Património Mundial da UNESCO e que atrai centenas de turistas a este território.

Segundo a CP, em setembro, também, se realizam viagens ao domingo de manhã, uma das novidades divulgadas para esta época.

Também pela primeira vez, a CP criou este ano quatro pacotes que incluem a viagem no comboio histórico e as viagens de ida e volta de qualquer ponto do país até à Régua em oferta regular nos serviços Alfa Pendular (em classe Turística), Intercidades (em 2ª classe) ou InterRegional e Regional.

Os preços variam entre os 50 euros para adultos que se desloquem a partir de estações a norte de Coimbra, até aos 80 euros para quem decida efetuar a viagem desde Faro e regresso.

Em todos os percursos, as crianças até aos 12 anos pagam meio bilhete.

No caso de grupos numerosos existe ainda a possibilidade de realização de comboios especiais, mediante condições a acordar com a empresa.

No final da época 2011, a CP ameaçou com o fim do comboio histórico no Douro caso não encontrasse parceiros para ajudar a financiar o serviço. Apesar disso, este ano, resolveu prosseguir com as viagens históricas na Linha do Douro.

Em 2011, os custos superaram os 150 mil euros e a receita registou pouco mais de 90 mil euros.

No ano passado, viajaram no comboio 2 270 pessoas, o que representou uma média de 206 passageiros por viagem (a capacidade total é de 250). Em 2010, viajaram 1 639 clientes, com uma média de 149 por comboio.

A procedência dos clientes nacionais é dominada por Lisboa e pelo Porto e os estrangeiros têm como origens principais Inglaterra, França e Espanha.

O leque de idades situa-se entre os 26 e os 65 anos, com uma distribuição percentual quase equitativa nas várias faixas etárias.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
100 anos fatos de banho

Vídeo. 100 anos de fatos de banho pintados no corpo

O empresário Américo Amorim já veio desmentir as contas no HSBC.

Ricos estão cada vez mais ricos. Amorim ganha mais 586 milhões

REUTERS/Stephen Lam

A ironia de Wall Street: Apple dispara com quebra nas vendas e lucros

Fotografia: Henriques da Cunha/Global Imagens

Peniche cria movimento para lutar contra prospeção de petróleo

Foto: Boom Festival

Boom Festival distinguido pela Rolling Stone

Fotografia: REUTERS/Issei Kato

Pedro venceu mais de 500 adversários para aprender a ser CEO por um mês

Conteúdo Patrocinado
Linha do Douro: CP retoma viagens históricas a 30 de junho