Lixo de Cascais e Sintra apresenta plano de reestruturação à banca

Cascais
Cascais

A Trato Lixo, empresa que trata do do Lixo de Cascais, Oeiras,
Sintra e Mafra, já tem um plano de reestruturação que vai permitir
enfrentar as dívidas e continuar a desenvolver a unidade de
aproveitamento energético de Mafra.

A obra, iniciada em 2009, foi suspensa em abril do ano passado
porque as entidades bancárias entenderam que havia incumprimento nos
pagamentos. “Suspenderam o financiamento numa fase em que
ficaram 20 milhões para utilizar”, explicou ao Dinheiro Vivo o
presidente da Trato Lixo, Domingos Saraiva.

A “incapacidade de negociar” com os bancos chegou a
tornar-se insustentável, mas esta quinta-feira deram entrada com um
pedido de reestruturação que, segundo Domingos Saraiva, deverá vai
aliviar “o grande problema de endividamento.” A obra também
já foi adjudicada e deverá estar pronta dentro de seis meses. “Os
municípios têm sido incansáveis e apesar de estarem impedidos de
ajudar, adiantaram-nos vários pagamentos.”

A continuidade da central vai permitir uma poupança de milhares
de euros, através do tratamento e aproveitamento de materiais bem
como da produção de energia. Atualmente, e com a fábrica a
funcionar sem uma ETAR de tratamento, a Trato Lixo tem de “pagar
mais sete milhões de euros/ano para fazer o tratamento fora quando
só precisa de 20 milhões” para terminar um aterro e uma
estação de tratamento de águas residuais, que virão a assegurar
estas tarefas. Domingos Saraiva lembra que os 300 postos de trabalho
nunca estiveram em causa mas admite que a empresa poderia ter
ultrapassado se tivesse sido criada uma rede de tratamento
intermunicipal, garante.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Centeno mantém crescimento de 1,9% este ano. Acelera para 2% no próximo

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Dívida pública desce mais devagar do que o previsto

desemprego Marcos Borga Lusa

Taxa de desemprego nos 5,9% em 2020. A mais baixa em 17 anos

Outros conteúdos GMG
Lixo de Cascais e Sintra apresenta plano de reestruturação à banca