Lone Star recusa divulgação pública do contrato do Novo Banco

"Os contratos permanecerão confidenciais e serão tratados como confidenciais", afirma o acionista dos norte-americanos da Lone Star.

A Nani Holdings, acionista do Novo Banco ligada à Lone Star, recusou esta sexta-feira a divulgação pública dos contratos de venda e de capitalização contingente relativos ao banco, de acordo com carta enviada ao parlamento.

Numa missiva enviada à comissão parlamentar de inquérito sobre o Novo Banco, a que a Lusa teve acesso, a Nani Holdings "lamenta informar que não pode conceder o pedido de levantamento de confidencialidade solicitada, e que os contratos permanecerão confidenciais e serão tratados como confidenciais".

O pedido de levantamento da confidencialidade, respeitando restrições relativas ao nome de devedores do Novo Banco e a matérias de segredo comercial, tinha sido feito pelo grupo parlamentar do PSD.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de