Lucro da Galp Energia mais do que duplica no primeiro trimestre

Galp apresentou resultados

O resultado líquido da Galp Energia atingiu os 121 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, o que compara com 47 milhões registados no período homólogo de 2014.

De acordo com um comunicado enviado hoje pela petrolífera portuguesa à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o resultado líquido recuou 12% face ao último trimestre de 2014, quando se tinha fixado nos 137 milhões de euros.

Apesar da baixa do preço do petróleo nos mercados internacionais, a empresa justifica a progressão dos seus resultados líquidos com a melhoria substancial da margem de refinação e com o aumento da produção.

A Galp Energia revela que a produção total (working interest) atingiu “a média recorde de 41,5 mil barris de óleo equivalente por dia (mboepd) e produção net entitlement de 38,7 mboepd”.

A média das estimativas de seis analistas apontava para um lucro ajustado aos efeitos de ‘stock’ e eventos não recorrentes (RCA) de 122 milhões de euros, face aos 47 milhões de euros registados no primeiro trimestre de 2014.

A petrolífera referiu que, nos primeiros três meses deste ano, o EBITDA – lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização – também ajustado, subiu 50 pct face há um ano atrás para 398 milhões de euros, comparado com 376 milhões de euros da média da poll.

“No primeiro trimestre, a margem de refinação da Galp Energia foi 5,9 dólares por barril, com base no total de matérias-primas processadas, um aumento de 4,9 dólares por barril face ao período homólogo,” disse a Galp, em comunicado.

Adiantou que esta melhoria que reflectiu principalmente o aumento das margens de refinação nos mercados internacionais.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
The World Economic Forum, Davos
Fabrice COFFRINI/AFP

Líderes rumam a Davos para debater a nova desordem mundial

Mário Centeno

Privados pedem ao Estado 1,4 mil milhões de euros em indemnizações

Luis Cabral, economista.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Luís Cabral: “Pobreza já não é só ganhar 2 dólares/dia”

Lucro da Galp Energia mais do que duplica no primeiro trimestre