Empresas

Lucro da Martifer cai para 1,3 milhões, proveitos sobem

Pedro Duarte, CEO da Martifer
(DR)
Pedro Duarte, CEO da Martifer (DR)

Exportações e negócio fora do país já excede 66% do volume de negócios total da empresa liderada por Pedro Duarte.

Porque o ano anterior ficou marcado por eventos extraordinários, não se pode comparar diretamente com os resultados obtidos em 2018 pela empresa agora liderada por Pedro Duarte. A venda de projetos eólicos garantiu lucros de 6,5 milhões em 2017, no último ano a Martifer registou um resultado líquido de 1,3 milhões. E viu os proveitos operacionais subirem de 185,6 para 217,4 milhões de euros, quase metade dos quais atingidos na construção metálica.

A indústria naval foi ainda responsável por uma fatia superior a 82 milhões nos proveitos e a área das Renováveis atingiu 14,1 milhões, comunicou a empresa à CMVM, especificando ainda que o volume de negócios gerado fora de Portugal e as exportações já ultrapassam dois terços do volume total do grupo.

“A carteira de encomendas na Construção Metálica e na Indústria Naval, de 373 milhões de euros, é a mais robusta dos últimos cinco anos”, congratula-se a Martifer, destacando ainda a redução da dívida bruta em 17 milhões e da líquida em 3 para 186 milhões.

Houve uma “melhoria significativa do desempenho operacional com o EBITDA a atingir 15,2 milhões de euros, o que representa um crescimento de 79% face ao período homólogo”, relata ainda.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
Lucro da Martifer cai para 1,3 milhões, proveitos sobem