Empresas

Lucro da Martifer cai para 1,3 milhões, proveitos sobem

Pedro Duarte, CEO da Martifer
(DR)
Pedro Duarte, CEO da Martifer (DR)

Exportações e negócio fora do país já excede 66% do volume de negócios total da empresa liderada por Pedro Duarte.

Porque o ano anterior ficou marcado por eventos extraordinários, não se pode comparar diretamente com os resultados obtidos em 2018 pela empresa agora liderada por Pedro Duarte. A venda de projetos eólicos garantiu lucros de 6,5 milhões em 2017, no último ano a Martifer registou um resultado líquido de 1,3 milhões. E viu os proveitos operacionais subirem de 185,6 para 217,4 milhões de euros, quase metade dos quais atingidos na construção metálica.

A indústria naval foi ainda responsável por uma fatia superior a 82 milhões nos proveitos e a área das Renováveis atingiu 14,1 milhões, comunicou a empresa à CMVM, especificando ainda que o volume de negócios gerado fora de Portugal e as exportações já ultrapassam dois terços do volume total do grupo.

“A carteira de encomendas na Construção Metálica e na Indústria Naval, de 373 milhões de euros, é a mais robusta dos últimos cinco anos”, congratula-se a Martifer, destacando ainda a redução da dívida bruta em 17 milhões e da líquida em 3 para 186 milhões.

Houve uma “melhoria significativa do desempenho operacional com o EBITDA a atingir 15,2 milhões de euros, o que representa um crescimento de 79% face ao período homólogo”, relata ainda.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Boom de queixas contra agências imobiliárias

O ex-presidente da Three Gorges e António Mexia, na assinatura da privatização

Quanto renderam em dividendos as empresas vendidas pelo Estado?

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Lucro da Martifer cai para 1,3 milhões, proveitos sobem