Resultados 1º trimestre

Lucro da REN cai 3% para 13,1 milhões no primeiro trimestre do ano

João Conceição, COO da REN, Rodrigo Costa, CEO da REN. Fotografia: Diana Quintela /Global Imagens
João Conceição, COO da REN, Rodrigo Costa, CEO da REN. Fotografia: Diana Quintela /Global Imagens

O lucro da REN caiu 3,0%, para 13,1 milhões de euros, no primeiro trimestre do ano face ao período homólogo, justificado pelo aumento do valor das amortizações e da manutenção da contribuição sobre o setor energético (CESE).

Em comunicado ao mercado, a REN – Redes Energéticas Nacionais justifica a redução do resultado líquido com amortizações, evolução do resultado financeiro e a manutenção do reconhecimento do imposto extraordinário sobre o setor energético, que no presente ano ascende a 25,3 milhões de euros.

No primeiro trimestre, o EBITDA (juros, impostos, depreciação e amortização) melhorou em 3,8% para 128,4 milhões de euros, beneficiando do impacto da recente aquisição da Portgás.

Já o investimento no período subiu 5,2% para cerca de 14 milhões de euros, tendo a Portgás contribuído com perto de quatro milhões de euros.

Na sexta-feira, a empresa liderada por Rodrigo Costa apresenta o plano estratégico para o período 2018-21.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Assembleia da República. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Gestores elegem medidas para o novo governo

Joana Valadares e a sócia, Teresa Madeira, decidiram avançar em 2015, depois do encerramento da empresa onde trabalhavam há 20 anos. Usaram o Montante Único para conseguir o capital necessário e a Mimobox arrancou em 2016. Já quadruplicaram o volume de negócios. (Foto cedida pelas retratadas)

Desempregados que criam negócios geram mais emprego

Salvador de Mello, CEO do grupo CUF (Artur Machado/Global Imagens)

CUF vai formar alunos médicos de universidade pública

Outros conteúdos GMG
Lucro da REN cai 3% para 13,1 milhões no primeiro trimestre do ano