indústria automóvel

Lucros da BMW caem 2,4% para 4.400 milhões no 1.º semestre

BMW-LOGO-5791088ac1d2d6d97f8d39de0915f69c68bdf589

Por sua vez, a faturação baixou, no período em causa, para 47.717 milhões de euros, menos 4% do que no primeiro semestre de 2017.

A BMW registou 4.383 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, menos 2,4% em comparação com o período homólogo, foi anunciado esta quinta-feira.

Por sua vez, a faturação baixou, no período em causa, para 47.717 milhões de euros, menos 4% do que no primeiro semestre de 2017.

Já o resultado operacional (EBIT) fixou-se em 5.479 milhões de euros, menos 4,8% do que no período homólogo.

As vendas de automóveis das marcas BMW, Mini e Rolls Royce melhoraram 1,8% até junho, totalizando 1.242.507 unidades, enquanto as vendas de motos recuaram 1,6% para 86.975 unidades, devido a ajustes de produção relacionados com o lançamento de novos modelos.

Apesar de não adiantar valores, a fabricante automobilística espera registar, até ao final do ano, pequenas subidas no número de entregas e na faturação no segmento automobilístico.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (D), e o presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares (E), participam na conferência de imprensa no final de uma reunião, em Loures. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Costa: “Há países que foram colocados em listas vermelhas por retaliação”

João Rendeiro, ex-gestor do BPP

João Rendeiro, ex-presidente do BPP, condenado a pena de prisão

António Costa Silva
JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Costa Silva defende retoma da alta velocidade e novo aeroporto

Lucros da BMW caem 2,4% para 4.400 milhões no 1.º semestre