Empresas

Lucros da dona da TVI sobem 9% para mais de 21 milhões

Rosa Cullell, da Media Capital
Rosa Cullell, da Media Capital

O resultado líquido da Media Capital, grupo que detém a TVI, cresceu 9% em 2018 face ao ano anterior, para mais de 21 milhões de euros.

Os lucros do grupo de comunicação social Media Capital – que detém, entre outros, a TVI e a Rádio Comercial – cresceram 9% no ano passado, face a 2017, para quase 21,6 milhões de euros, de acordo com o comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O EBITDA (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da empresa nos 12 meses de 2018 ficou nos 40,2 milhões de euros, o que representa uma melhoria ligeira face aos 40,1 milhões de euros registados em 2017.

Ao nível da geração de caixa, indica a empresa em comunicado enviado ao regulador, foi registada em 2018 “uma melhoria do cash flow operacional de 29,5 milhões de euros em 2017 para 35 milhões de euros em 2018, bem como da dívida líquida, que reduziu 9,6 milhões de euros face ao observado no final de 2017, não obstante dividendos distribuídos de 18,6 milhões de euros. Desta forma, a dívida líquida atingiu, no final do ano, 85,7 milhões de euros”.

Em termos de segmentos, o EBITDA da área de televisão atingiu os 30,3 milhões de euros. “A TVI registou em dezembro de 2018 o 149º mês consecutivo de liderança de audiências em televisão, registando uma média de quota de 20,0% no total do dia e de 23,6% no horário nobre. A diferença face ao segundo canal mais visto foi de 3,5 pontos percentuais no primeiro caso e de 3,3 pontos percentuais no último”.

As rádios – Comercial, M80, CidadeFM, Smooth e Vodafone FM – registaram melhoras no EBITDA “desta feita em 14%, tendo ascendido a 7,4 milhões de euros, com uma margem 38,1%. Em 2018, o conjunto das rádios do Grupo Média Capital registou um share médio de 37,1%, o mais elevado de sempre, sendo igualmente o sétimo ano consecutivo de subida. Durante o ano que passou, a Rádio Comercial obteve o maior número de ouvintes de sempre (mais de 1,5 milhões de pessoas, na terceira vaga de audiências), enquanto a M80 cimentou a sua posição de terceira rádio mais ouvida em Portugal”.

No segmento do digital, “o ano ficou pautado por uma forte melhoria dos seus resultados a nível de
audiências e receitas”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
7. Aeroporto de Londres Heathrow

Oficial. Portugal fora do corredor turístico do Reino Unido

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Decisão do Reino Unido é “absurda”, “errada” e “desapontante”, diz Santos Silva

O primeiro ministro, António Costa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

António Costa admite despedimentos na TAP com menos rotas e aviões

Lucros da dona da TVI sobem 9% para mais de 21 milhões