Indústria

Lucros da Vista Alegre duplicam para 1,5 milhões até março

(Maria João Gala / Global Imagens)
(Maria João Gala / Global Imagens)

No trimestre, o volume de negócios da Vista Alegre aumentou 58%, para 30,4 milhões de euros.

O lucro da Vista Alegre mais do que duplicou (134%) nos três primeiros meses do ano, face a igual período de 2018, para 1,5 milhões de euros, traduzindo-se no “melhor desempenho de sempre”, anunciou hoje o grupo.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a marca de cristal e porcelana refere que nos primeiro trimestre “registou um resultado operacional de três milhões de euros, superior em 114% ao período homólogo de 2018, e o resultado líquido do exercício teve uma taxa de crescimento de 134%”, para 1,5 milhões de euros.

No trimestre, o volume de negócios da Vista Alegre aumentou 58%, para 30,4 milhões de euros.

Em entrevista à Lusa, no início de abril, o presidente do Conselho de Administração do grupo, Nuno Marques, tinha adiantando que a Vista Alegre estava a crescer “cerca de 40%” nos primeiros três meses do ano.

“O grupo Vista Alegre teve o melhor desempenho de sempre no primeiro trimestre de 2019”, refere a empresa, destacando o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA), que aumentou 95% para 5,6 milhões de euros.

“Relativamente à aplicação da nova norma contabilística de reporte da contabilização de locações, a IFRS 16, que foi efetiva a partir de 01 de janeiro de 2019, o EBITDA está positivamente impactado em 690 mil euros devido à exclusão das rendas reclassificadas para amortizações e juros”, refere a empresa.

“O mercado externo continua a crescer substancialmente, atingindo os 24 milhões de euros de vendas, representa atualmente 79% do volume de negócios, um incremento de 12 pontos percentuais face ao período homólogo de 2018”, refere.

O aumento é justificado pela subida do negócio nos mercados europeus e asiáticos, sendo que na Europa destacam-se a Holanda, Itália e França com as maiores subidas.

No mercado interno, o valor das vendas foi de 6,3 milhões de euros.

Recentemente, a Vista Alegre inaugurou a nova fábrica Bordallo Pinheiro, num investimento no valor de nove milhões de euros, o que permitiu a admissão de mais 100 colaboradores.

No primeiro trimestre, os investimentos realizados ascenderam a 5,2 milhões de euros, foram essencialmente no segmento grés mesa, com a conclusão da ampliação da fábrica da Ria Stone, e no segmento de faiança, com a conclusão do aumento da fábrica da Bordallo Pinheiro.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O presidente do Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, João Proença, durante a sua audição na Comissão de Saúde, na Assembleia da República, em Lisboa, 27 de fevereiro de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

ADSE já enviou novas tabelas de preços aos privados para negociação

Mario Draghi, Presidente do Banco Central Europeu. REUTERS/Kai Pfaffenbach

BCE discutiu pacote de medidas para estimular economia na reunião de julho

Hotéis de Lisboa esgotaram

“Grandes” eventos impulsionaram aumento dos preços na hotelaria em junho

Outros conteúdos GMG
Lucros da Vista Alegre duplicam para 1,5 milhões até março