Recursos

Luságua reforça posição na telegestão

Água

A aposta é reforçada através das novas soluções da Rockwell, Siemens e Schneider.

A Luságua, empresa do grupo Aquapor, reforçou a sua área de negócio de telegestão com o objetivo de controlar de forma eficaz e à distância as infraestruturas de captação, tratamento, armazenamento e distribuição de água, assim como a drenagem, tratamento e rejeição de águas residuais. A aposta é reforçada através das novas soluções da Rockwell, Siemens e Schneider.

“Através desta permanente monitorização e da possibilidade de prever futuros problemas, a Telegestão assume um papel fundamental para todas as empresas que pretendem otimizar gastos de exploração, assim como controlar e minimizar as intervenções no terreno”, indica a empresa em comunicado.

A empresa disponibiliza ainda, para além da área da água, estas ferramentas na área dos resíduos e energia, com o desenvolvimento de soluções técnicas que permitem uma melhor racionalização da utilização, disponibilizando-as também para diferentes tipos de indústria, otimizando os processos automáticos de controlo, assim como os respetivos consumos inerentes aos mesmos.

A Luságua já possui quatro Unidades de Engenharia de Telegestão, localizadas em Lisboa, Alcanena, Maia e Braga, onde conta com técnicos com experiência em áreas como a automação, supervisão, rede de comunicações, segurança informática entre outras.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Economia portuguesa afunda 16,3% entre abril e junho

Visitantes na Festa do Avante.

Avante!: PCP reduz lotação a um terço, só vão entrar até 33 mil pessoas por dia

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

Mais 235 infetados e duas mortes por covid-19 em Portugal. Números baixam

Luságua reforça posição na telegestão