Transporte aéreo

Madeira pede explicações à Binter sobre cancelamento de seis voos

Aeroporto Internacional da Madeira Cristiano Ronaldo. (Fotografia: D.R. )
Aeroporto Internacional da Madeira Cristiano Ronaldo. (Fotografia: D.R. )

A transportadora aérea Binter assegura os voos de ligação com Porto Santo.

O Governo Regional da Madeira pediu esclarecimentos sobre o cancelamento de seis voos em dois dias desta semana, à transportadora aérea espanhola Binter, que assegura as ligações com o Porto Santo.

Numa carta enviada pelo vice-presidente do Governo Regional da Madeira, Pedro Calado, ao diretor comercial da Binter, Miguel Cabrera, o governante questiona a não realização de voos que não foram realizados terça e quarta-feira, entre as ilhas da Madeira e do Porto Santo.

“Sabendo-se da ocorrência de condições meteorológicas, associadas a ventos fortes na zona do Aeroporto da Madeira que poderiam justificar certos constrangimentos na operação de terça-feira, estranhamos o cancelamento apenas dos voos entre a Madeira e Porto Santo, tendo operado sem qualquer restrição, na ligação Madeira-Gran Canaria-Madeira”, escreve o membro do Governo Regional na carta conhecida esta quinta-feira.

Pedro Calado considera “ainda mais estranho” o facto de, na manhã de quarta-feira, “o único cancelamento ocorrido no Aeroporto da Madeira ter sido precisamente a ligação ao Porto Santo, tendo os demais voos operado normalmente até ao final da manhã”.

Pedro Calado sustenta que, sendo esta uma “ligação de interesse público, qualquer cancelamento de voos prejudica gravemente a mobilidade dos passageiros, em particular no Porto Santo”.

A Binter é a companhia aérea que assegura as ligações aéreas entre as duas ilhas, na sequência de um contrato de concessão da linha entre a Madeira e Porto Santo, tendo começado a operar em junho deste ano.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Gonçalo Villaverde/Global Imagens

Lisboa já ultrapassou Barcelona no Alojamento Local

Mario Draghi, presidente do BCE e Carlos Costa, governador do BdP
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Carlos Costa contraria Centeno. Portugal continua sem convergir com a UE

Mario Draghi, presidente do BCE. Fotografia: EPA/STEPHANIE LECOCQ

Sem a ajuda do BCE, juros da dívida portuguesa eram o dobro

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Madeira pede explicações à Binter sobre cancelamento de seis voos