Água

Maioria dos clientes da EPAL tem aumento de 43 cêntimos

Fotografia: Pedro Rocha/ Global Imagens
Fotografia: Pedro Rocha/ Global Imagens

A EPAL que o preço da água vai aumentar em média 43 cêntimos mensais para a maioria dos consumidores domésticos a partir de segunda-feira.

A EPAL – Empresa Portuguesa das Águas Livres anunciou que o preço da água vai aumentar em média 43 cêntimos mensais para a maioria dos consumidores domésticos a partir de segunda-feira.

Numa nota divulgada, a empresa afirmou que “para a grande maioria dos clientes domésticos da EPAL, cerca de 85%, o novo tarifário para 2018 implica uma atualização média de 43 cêntimos por mês”.

Neste grupo estão considerados s clientes domésticos que tenham um consumo médio mensal de oito metros cúbicos e um contador de 15 milímetros.

A empresa salientou ainda que tem disponível uma tarifa social destinada a famílias mais carenciadas, que prevê descontos que podem ir até aos 93%, sem referir os aumentos relativos aos clientes inseridos nesta tarifa.

Para os agregados familiares com cinco ou mais pessoas está disponível a Tarifa Familiar da Água.

A atualização do tarifário da EPAL entra em vigor no próximo dia 01 de janeiro, conforme fixado no Decreto-Lei 94/2015, de 29 de maio.

A EPAL, que serva mais de 80 municípios, é uma empresa do setor empresarial do Estado, detida a 100% pela Águas de Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Sarah Costa/Global Imagens

Tomás Correia, Montepio e BNI Europa. O que está por detrás das buscas

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão (E), fala durante a sua audição perante a Comissão de Orçamento e Finanças, conjunta com a Comissão de Administração Pública, Modernização Administrativa, Descentralização e Poder Local, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de janeiro de 2020. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Governo volta a negociar aumentos de 2020 com funcionários públicos

Greve escola função pública

Último ano da geringonça foi o de maior contestação na função pública

Maioria dos clientes da EPAL tem aumento de 43 cêntimos