transportes

Marcelo espera inquérito “rápido mas conclusivo” sobre descarrilamento em Soure

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Fotografia: António Pedro Santos/Lusa
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Fotografia: António Pedro Santos/Lusa

Presidente da República assinala número de vítimas "inferior aos números esperados", tendo em conta o número de ocupantes.

Marcelo Rebelo de Sousa espera um inquérito “rápido mas conclusivo” sobre as causas do descarrilamento desta sexta-feira um comboio Alfa Pendular junto a Soure após o embate com um veículo de inspeção de via e que causou duas vítimas mortais. O Presidente da República lamentou o resultado de um dos acidentes ferroviários mais graves dos últimos anos.

“Havendo uma estrutura encarregada de apurar o que se passou, não quero estar a comentar o que deve ser alvo de um inquérito rápido mas conclusivo para determinar a causa deste acidente grave”, assinalou o chefe de Estado a partir de Tavira, em declarações citadas pela RTP3.

O Presidente da República destacou ainda que se registou um número de vítimas “inferior aos números esperados”, tendo em conta que no Alfa Pendular seguiam 280 passageiros. As duas vítimas mortais estavam no interior do veículo da inspeção de via e eram trabalhadores da Infraestruturas de Portugal. Registaram-se ainda seis feridos graves mas nenhum destes corre perigo de vida. Houve ainda 30 feridos leves.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: EPA/PATRICK SEEGER

Bruxelas dá luz verde a Banco Português de Fomento

Exemplo de ouro numa loja de câmbio em Klaaswaal, Países Baixos. (EPA/ROBIN VAN LONKHUIJSEN)

Ouro atinge recorde e excede os 2 mil dólares

Centenas de turistas visitam todos os dias os jardins do Palácio de Cristal, no Porto. Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens

FMI: Portugal com perdas acima de 2% do PIB devido à quebra no turismo

Marcelo espera inquérito “rápido mas conclusivo” sobre descarrilamento em Soure