Recursos Humanos

Mars. Levar o cão para o trabalho e fazer uma massagem é rotina nesta empresa

Esperanza Ribas, diretora de RH da Mars Iberia

Levar os animais para o escritório, fazer uma massagem de relaxamento ou dias de férias extra são algumas das regalias.

Talento e desenvolvimento. Estes são os dois pilares que sustentam a cultura de recursos humanos da Mars Portugal, empresa que atua no setor de confectionary, pet care, food e gum. A marca foi reconhecida pela Great Place to Work, especialista no estudo de ambientes de trabalho e práticas de gestão de pessoas, como a melhor multinacional para trabalhar na Europa em 2017. As políticas internas bem como as oportunidades de crescimento dentro da companhia são as razões que justificam os bons resultados. “80% das posições que temos são oferecidas a nível interno. Queremos dar aos nossos associados a oportunidade de crescer e se desenvolverem”, explica a diretora de recursos humanos da Mars Iberia, Espereanza Ribas.

Em Portugal trabalham 80 pessoas sob os cinco valores da empresa: qualidade, responsabilidade, mutualidade, eficiência e liberdade. No ano passado, a Mars Portugal registou um crescimento de 5% o que se traduziu numa faturação de 65 milhões de euros. No escritório, situado à entrada de Algés, não há lugares marcados e as hierarquias são impercetíveis. “Quem chega senta-se onde quiser. E no estacionamento também funciona na mesma lógica. Quem chega primeiro estaciona nos lugares mais próximos. Não interessa se é um diretor ou não”, explica a responsável.

Do pacote de benefícios oferecidos aos trabalhadores, faz parte um momento dedicado à descontração física. Numa sala própria para o efeito, todas as terças-feiras há um profissional disponível para uma sessão de massagem que dura 45 minutos. No espaço comum há fruta, gelados da marca e uma mesa de matraquilhos. O equilíbrio físico e mental são uma preocupação da Mars e, nesta perspetiva, a empresa oferece 20 euros todos os meses para os funcionários pagarem a mensalidade do ginásio, mediante a apresentação do recibo. Em Espanha foi implementado um programa piloto que visa a promoção da saúde física e mental através de sessões com vários profissionais da área. “Estamos a testar este projeto e, se produzir resultados, vamos trazê-lo para os escritórios portugueses em breve” garante Esperanza.

Um seguro de saúde para colaboradores e família, horários flexíveis, 28 dias de férias por ano e folga no dia de aniversário são outros dos benefícios concedidos a quem assina contrato com a Mars. Como empresa que atua no setor de petcare, a Mars permite aos seus colaboradores a presença dos animais de estimação no escritório. “Desenvolver internamente é essencial mas também precisamos de talentos frescos” aponta a diretora de RH que explica que 20% das vagas de trabalho são destinadas a pessoas de fora da empresa. Para esse efeito, a marca tem em curso três programas de desenvolvimento de carreiras destinados a jovens recém-licenciados.

O Mars Trainee Program é focado no desenvolvimento de trainees e oferece um contrato de trabalho de seis meses até um ano. O Young Talent Program é dirigido para a área de vendas e estende-se por três anos. Focado na formação e desenvolvimento de líderes, o Mars Graduate Program, tem também a duração de três anos e procura oferecer projetos desafiadores em diferentes geografias e departamentos, para acelerar o desenvolvimento dos participantes com vista a preencher as funções de liderança da organização.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
7. Aeroporto de Londres Heathrow

Oficial. Portugal fora do corredor turístico do Reino Unido

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Decisão do Reino Unido é “absurda”, “errada” e “desapontante”, diz Santos Silva

O primeiro ministro, António Costa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

António Costa admite despedimentos na TAP com menos rotas e aviões

Mars. Levar o cão para o trabalho e fazer uma massagem é rotina nesta empresa