Pagamentos digitais

Mastercard: Novo serviço para facilitar compras online chega este ano

Alberto López | Mastercard
Alberto López é o responsável de pagamentos digitais para Portugal e Espanha da Mastercard. Foto: Mastercard

Empresa já está em conversação com os bancos. Pagamentos contactless e através de apps estão a aumentar.

Um serviço que pretende facilitar as compras online, em sites e aplicações, ao mesmo tempo que acrescenta uma nova camada de segurança ao processo. É assim que a Mastercard resume a nova tecnologia de pagamentos digitais que quer lançar em Portugal.

O sistema em questão, denominado MDES, já está disponível noutros países e deverá estrear no mercado português ainda em 2018.

“Provavelmente vamos ver alguns emissores de cartões este ano com esta tecnologia em Portugal”, adiantou Alberto López, diretor de venda de produtos em pagamentos digitais da Mastercard para Portugal e Espanha, em entrevista ao Dinheiro Vivo.

“Nós estamos prontos. Alguns bancos estão a trabalhar, precisamos que o emissor se aliste nesta tecnologia. (…) Estamos a falar com todos eles [bancos]. Precisamos de começar o movimento”, acrescentou.

O MDES permite criar vários cartões virtuais a partir do cartão bancário principal. O objetivo é que o utilizador possa ter cartões, com características únicas, para os diferentes dispositivos que usa ou para os diferentes serviços que subscreve. Por exemplo, ter um cartão virtual que apenas funciona na subscrição do Netflix ou do Spotify.

“A boa notícia é que se alguém roubar este número, eles não o conseguem usar, é apenas válido para a Netflix. Posso criar outro número para a Uber, outro para o Spotify e posso criar estes números para o meu iPhone, outro para o meu Android, outro para o meu Fitbit”.

A proposta da Mastercard faz lembrar o serviço MB Way da SIBS, mas tem diferenças. Além do conceito de cartões virtuais, cada um deles é protegido com uma chave criptográfica única que está associada ao cartão bancário. “Estamos a digitalizar o teu cartão”, resumiu o porta-voz espanhol.

Leia também | Mastercard diz que a SIBS constitui um obstáculo à inovação em Portugal

Com este serviço, acredita Alberto López, a Mastercard vai responder àquelas que são as duas grandes tendências dos pagamentos digitais em Portugal – o crescimento do contactless e os pagamentos feitos através de aplicações móveis.

“Aqui em Portugal, a taxa de aceitação do contactless está a crescer, mas ainda é baixa, quando comparada com outros países europeus. (…) As coisas estão a acontecer, mas demora tempo. Não é algo que se faça numa semana. Os números são bons, de forma global”, referiu, sem especificar valores.

O responsável da Mastercard diz que ainda estamos no início da curva de crescimento. “Em breve a duplicação do crescimento será maior. Temos cartões de plástico hoje, mas se pensarmos no número de vezes que pagamos online sem os cartões de plástico, vamos ver que, sem esforço, estamos a usar cada vez menos o cartão de plástico. Usámos o cartão, mas de outras formas”.

Além do MDES para responder às necessidades imediatas do mercado, a Mastercard está a trabalhar noutras tecnologias, como a inteligência artificial para prevenir transações fraudulentas. “Estamos a trabalhar também em blockchain, estamos em todas as novas inovações que podem afetar os pagamentos”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Facebook's founder and CEO Mark Zuckerberg reacts as he speaks at the Viva Tech start-up and technology summit in Paris, France, May 24, 2018. REUTERS/Charles Platiau - RC11ABE16B10

Abusos nos dados privados pode custar ao Facebook entre 3 a 5 mil milhões

Foto: Global Imagens

Jovens licenciados portugueses com maior probabilidade de terem salários baixos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa,  intervem durante a sessão solene comemorativa dos 45 anos da Revolução de 25 de Abril na Assembleia da República em Lisboa, 25 de abril de 2019. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Presidente da República pede “mais ambição” para resolver problemas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Mastercard: Novo serviço para facilitar compras online chega este ano